Em Clima de Rodeio

Otavio Augusto e Gabriel

Namorando Teu Sorriso


Alô,alô,alô,moçada do chapéu grande e bota do cano longo
Logo após as montarias,tem viola e tem fandango
Alô,alô,alô,mulher loira ou morena,eu não faço muita escolha
Hoje a jiripoca pia,o pau quebra ou cai a folha

No brete tem touro bravo,no lombo peão valente
Arquibancada lotada,pra todo lado tem gente
A mesa da comissão tem um grande presidente
Homem guiado por Deus,presidente do pé quente
Morena dos olhos verdes,cabelo preto e comprido
Bem maior que o seu cabelo é o chifre do seu marido
Desculpe se eu apelei,mas é que tive essa idéia
São versos dos locutores brinacando com a platéia
Pra festa nada me estorva,por falta de roupa nova
Passei o ferro na véia

Alô,alô,alô,a porteira vai abrir,peão se ajeita no lombo
Nunca caí do cavalo,mas no amor já levei tombo
Alô,alô,alô,morena casa comigo,que você não passa fome
De dia "cê" come a cobra,de noite a cobra te come

É hoje que o gato berra,é hoje que a vaca mia
Já está cortando agulha o marido da cutia
è hoje que a terra treme e a casa balança e cai
Casada larga o marido e a filha abandona o pai
Se despede da família,casamento agora sai
Se eu for você não fica,se eu ficar você não vai
Já peguei onça no tapa,pisei descalço em arraia
Mas por um bicho peludo,com ferrão igual lacraia
Não me responsabilizo,o que me faz perder o juízo
Mora embaixo da saia

Alô,alô,alô,peão firme na roseta não entrega a rapadura
Dele e dali deis espora,segura peão,segura

Compositor: Delley

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Otavio Augusto e Gabriel no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS