Benedito

Os Quimicos


Benedito era muito sério
Ferroviário no sul do país
De semblante negro como a noite
E um sorriso branco como a luz
Benedito tinha o seu mundo
Os seus sonhos, o seu som, seu blues
Mas resolveu gostar de uma garota
A Branca de Neve de olho azul
No seu peito pulsava a esperança
Mas não esperava sentir tanta dor
Os seus sonhos foram desde a infância
Misto de realidade e dor
Não sabia as cores que o mundo
Escolheu pra apreciar, oh não
E o trem pra longe e fundo
Muito além dos trilhos da paixão

Compositor: Mauro Koth

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Os Quimicos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS