Página inicial > Regional > O > Os Monarcas > No Lombo do Tordilho

No Lombo do Tordilho

Os Monarcas


No lombo do tordilho

Quando se doma um tordilho
só existe dois caminhos
ou se faz dele um amigo
com paciência e com carinho
de outro modo é cascavel
batendo guizo no ninho
quando encilho o meu tordilho
a cincha no osso do peito
enfrenado em lua certa
e arrocinado a preceito
qualquer rancho é um postal
com ele no parapeito
qualquer rancho é um postal
com ele no parapeito.

Nas festas da gauchada
emprestado da fazenda
seu trote é um vôo de garça
ao selim que fez legenda
tosado de cogotilho
para o andar de uma prenda
dizem que o mar é um tordilho
se não é, quem dera fosse
quando um raio se despenca
é um baio que desgarrou-se
pois meu tordilho vinagre
nasceu do vinho mais doce
pois meu tordilho vinagre
nasceu do vinho mais doce.

Sendo de pelo tordilho
não existe outro regalo
melhor ponteiro de tropa
um peão tá de à cavalo
engolindo os horizontes,
assim me gusta de olhá-lo
enquanto o verso gaúcho
cantar pingos nos lombilhos
esses parceiros de lida
legados de pai pra filho
segue o Rio Grande à cavalo
sobre o lombo de um tordilho
segue o Rio Grande à cavalo
sobre o lombo de um tordilho.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Os Monarcas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS