Página inicial > Regional > O > Os Monarcas > Não Precisa Ser Bonito

Não Precisa Ser Bonito

Os Monarcas


Faz muito tempo que eu não danço um bailezito
Há muitos dias, nem mesmo vou pro povoeiro
O chinaredo já tá querendo saber
Se abandonei o meu ofício de baileiro

Fiquei sabendo que hoje vai ter fandango
Já tô chegando e ando louco pra dançar
Não adianta, pareço um cusco ovelheiro
E esse vício, só matando pra parar
Não adianta, pareço um cusco ovelheiro
E esse vício, só matando pra parar

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

É o meu caso, corajoso

Sou deste jeito, comigo não tem frescura
A rapadura, eu como com palha e tudo
China gaviona que quiser os meus achegos
Nos meus pelegos, vai saber que a vida é dura

Pois fui criado naqueles fundões de grota
Não tiro as bota' nem mesmo pra me deitar
Banho de sanga, é só nos finais de semana
E as caninanas não me deixam sossegar
Banho de sanga, é só nos finais de semana
E as caninanas não me deixam sossegar

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

Sou essa cruza de guará com mão pelada
E a mulherada se amarra neste meu jeito
Porém, a china que andar no meu costado
Além de agrado, vai ter carinho e respeito

Quem sabe, ainda, eu encontre uma chinoca
Que compreenda o meu ofício de baileiro
E, de noitinha, só pra provar que me ama
Arrume a cama e ajeite dois travesseiro'
E, de noitinha, só pra provar que me ama
Arrume a cama e ajeite dois travesseiro'

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

Pra gurizada moderninha que não sabe
E pros marmanjo' engomadinho', tenho dito
A mulherada não quer saber de bobagem, o homem, tendo coragem
Não precisa ser bonito

Quem diria, né? É o que falam de mim, me apelidaram até de sortudo

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Os Monarcas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS