Cavalo Raio

Os Monarcas

Dose Dupla: Os Monarcas


Galopa meu cavalo
galopa meu vavalo
depressa meu cavalo
preciso lá chegar
já fazem muitos anos
que deixei minha terra
e a saudade dela
está a me matar. (BIS)

Não posso ficar distante
das coisas do meu lugar
aquele tempo ditoso
que eu ia colher pitanga
brincava à beira da sanga
e contemplava o luar
que belo clarear dos dias
tudo pra mim era lindo
adormecia sorrindo
por isso quero voltar.

Galopa meu cavalo
galopa meu cavalo
depressa meu cavalo
preciso lá chegar
já fazem muitos anos
que deixei minha terra
e a saudade dela
está a me matar. (BIS)

Não posso ficar distante
das coisas do meu lugar
quero sentir o aroma
da flor que perfuma o ar
na colina vou olhar
para ver tanta beleza
subir ao pé de pinheiro
que plantei quando criança
saciar minha lembrança
com a própria natureza.

Galopa meu cavalo
galopa meu cavalo
depressa meu cavalo
preciso lá chegar
já fazem muitos anos
que deixei minha terra
e a saudade dela
está a me matar. (BIS)

Não posso ficar distante
das coisas do meu lugar
pois só vive na cidade
aquele que nasceu nela
lá na mata a vida é bela
longe da poluição
na tardinha eu ouvia
cantarolar de cigarras
lá não existe algazarra
tô indo pro meu rincão.

Galopa meu cavalo
galopa meu cavalo
depressa meu cavalo
preciso lá chegar
já fazem muitos anos
que deixei minha terra
e a saudade dela
está a me matar. (BIS)

Compositor: Ivan Vargas

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Os Monarcas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS