Página inicial > G > Gardenais > Águas Passadas

Águas Passadas

Gardenais


Com você
Jeito estranho de viver
Aprendi a ter prazer
Comecei a sentir dor
Sem você
Amargura sem razão
Vou correndo pelo escuro
Sem saber a direção
Ela sempre dizia morrer de amor por mim
O que foi que eu matei, o que foi que perdi?
Feito um rio sufocado grita embaixo do chão
Eu carrego suas curvas na memória da mão
No meu curso alterado sinto a fuga de mim
Correnteza turva e fria, amargo gosto do fim
Sem você
Amargura sem razão
Vou correndo pelo escuro
Sem saber a direção
Este rio sem vida ainda não secou
Sem saber o motivo eu vou
Sem saber o motivo eu vou

Compositor: Caio Ducca

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Gardenais no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS