Página inicial > O > Os Bardos > Fábrica Vida

Fábrica Vida

Os Bardos


Quem grita, saltando pra fora de dentro do peito
Uma chama contida de dentro do tempo e do espaço
Uma chama assim fabricada na fábrica vida
Tão pequena tão frágil tão cheia de dor e cansaço

Vida sem vida
Vida sem medo
Luz no caminho
De passos mil
Vida servil
Sob um céu azul anil

Gritam as cabeças expostas na feira
E todos os punhos serrados nos peitos
E todos os sonhos expostos ao vento
E todos os cantos em mil sentimentos

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Os Bardos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS