Gente Em Pó

Ornatos Violeta


Usam-me abusam não sou ninguém
Diz a jovem donzela com
vozes de estrela em
caras caras caras de alguém

Salta vício em vício já pode mostrar
Ele é gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Doce gente em pó

Vem quero-te ouvir falar
Vem mostrar o teu saber
Vem Cuidado
que há por aí mais como eu

Nada me dá é puro bluf
é um perfume caro feito com mostarda
E o que me diz nada me inspira
Aprendeu tudo no prefixo da mentira

Gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Gente em pó

Diz que agora vale mais a puta
Que nada tem a ver, quem nada tem
Sofre como um cão
Tens que fazer
Gente em pó diz amar a solidão

Prá politica senhor
Como era mesmo o seu nome
Mãe
Ela é uma hippie
Ao Virar da esquina
Viro-a do avesso e
badada dadada dada
E sabe
sabe
E sabe
sabe

E sabe que eu agora tô
Gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Ye

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ornatos Violeta no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS