Olodum
Página inicial > Axé > O > Olodum > Asas de Ébano

Asas de Ébano

Olodum


Eu vou sonhando livre
Com esse coração
Sorriso lindo
Negro canto ficará na raça
Alô,
Eu vou vivendo esse amor que não passa
Solenemente que o mundo não ultrapassa a mão
Na praça raiou:

Seu olhar em mim
Sentimento enfim
Minha flor do ébano a me ninar (bis)
Tem encanto a cor
Tem fascínio o amor
Melodias soltas pelo ar

Quero seguir nas asas de uma canção
Quero sentir a tua mão em minha mão
E assim cantar a negritude em liberdade
No olodum.

Composição: W.epiderme Negra/junior Garvin/kinha Andrade

Letra enviada por luterking

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Olodum no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS