• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Se água nos olhos do palhaço molha
    Menina dos olhos abandonada

    Boneca de pano, de pena, chora
    Quando água nos olhos da gente escorre

    Corre beirando boca, ribeirão
    Dorme junto ao coração
    Faz do peito cachoeira

    Leva, lavando, me deixando leve
    Que a certeza não escorregue
    Feito pedra de sabão

    Bola, vidro, janela, bronca, tapa
    Dias e dias sem televisão
    Fecho porta pra não escutar briga
    E, também, pra briga não escutar minha canção

    Que faço distraindo a vida
    Vou traindo minha sina
    Distraindo decisão
    Falo coisas que ás vezes não faço
    Sou boneca, sou palhaço, ponto de interrogação

    Todo ser seria
    Todo rio riria
    Toda flor folia
    Abajour pra escuridão

    Toda brincadeira começa com alegria
    Mas o sino do almoço troca o riso por feijão
    Quero mais careta no retrato
    Quero mais folia no meu quarto

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de O Teatro Mágico

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.