Página inicial > Pop > O > O Quinto > Paz Armada

Paz Armada

O Quinto


Não pense e nem diga que o mundo é seu
Nem grite aos quatro ventos isso tudo é meu
Nada que se faça se está sosinho
Sempre existe alguém no seu caminho

Desmancha essa cara vem contar pra mim
Divide esse espaço quero te pedir
Quebrando esse gelo do seu coração
Não fique aí rodando pela contra mão

Tudo é nada, e nada é de ninguém
Esse mundo é meu também
Então eu peço apenas que você reflita
Vivendo nesse mundo sendo egoísta
Guerras e batalhas não vão dar em nada

Não, não acredite nessa paz armada
Não quero que você seja santificado
Nem fique de joelhos rezando calado
Perdendo o seu tempo estando aí sosinho

Tem gente esperando a beira do caminho
Tudo é nada, e nada é de ninguém
Esse mundo é meu também
Tudo é nada, e nada é de ninguém
Esse mundo é meu também.

Compositor: Leandro Monteiro / Lilían Meire

Letra enviada por Alisson Machado

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a O Quinto no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS