A Partida

O Quarto Imaginário

O Ciclo


Foi difícil perceber
Quanto tempo eu perdi
Só por não me aceitar
Duas vidas destrui
Não sei se ele vai conseguir
Me perdoar

De todos ao meu redor
Ninguém soube me ajudar
A desatar o nó
Conseguir me libertar
Quem não entende julga tudo sem pensar

Quando a luz não pôde mais entrar
Eu deixei a dor me dominar
Não pude ver que o que eu iria me tornar
Iria destruir tudo que eu criei
Uma criança inocente pagou pelo que deixei
De resolver em mim só pra conseguir me encaixar
O monstro desapareceu

Eu menti pra mim só pra me tornar
Alguém que todos pudessem amar
No fim eu descobri que o que vai importar
Nós é quem temos que nos aceitar

Foi difícil entender
Que o que estava implantado em mim
Resquícios de outras desavenças
Algo que não pertencia a mim
E que acabou por me corromper

Eu menti pra mim só pra me tornar
Alguém que todos pudessem amar
No fim eu descobri que o que vai importar
Nós é quem temos que nos aceitar

Eu desisti de mim pra agradar
Quem eu mal conhecia nem estavam lá
Quando o monstro levou embora tudo que eu tinha
Não posso deixar ele seguir os passos que levam até aqui
Perder toda a vida que um dia construiu
Sei que de mim ele já desistiu

Compositor: Stefano Rodrigues

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a O Quarto Imaginário no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS