Página inicial > O > O Elo Perdido > Recuso Críticas

Recuso Críticas

O Elo Perdido


Jhon
Trancafiando as emoções dentro de um cofre
Parte minha exposta a outras pessoas não aceita deboche
Fantoche do Pai, representa mais que uma vida
Veja o mundo de quem quer vencer rimando em uma batida
Concorrência alta, tornar competição estraga
Linha de chegada, bens materiais resulta em nada
Desunião que não entendo, repartindo os vagabundo
Um quer ser melhor que o outro, e uma faísca explode tudo
Se perde no próprio passo, por querer correr mais rápido
De tempo ao tempo e no momento vê que não é tão fácil
Segue a trilha, direção é direta não tem atalho
Ajudaria se cada irmão cuidasse do seu trabalho
Senso critico aguçado. Calado apenas percebo
Que quem fala mal dos outros não enxerga o próprio erro
Inverso do pensamento fraco, espirito opaco
No futuro colhe maduro as consequência dos seus atos
Formadores de opiniões, formulam informações
Nas ações se perde, pede a si mesmo as soluções
As conclusões guarde "procê" ou reverte em outro som
Trava guerra e não erra pra demonstrar seu dom
Nego bom não se mistura, quem disse e sua postura?
De estar junto, o sonho é alto, se acostuma com a altura!
Ideia precipitada gera intriga e briga
Tira a brisa de quem tá no corre ralando igual uma formiga
A viga que sustenta sua firma é você
Te diferencia de vários: Sua vontade de vencer
Gratidão, agradecer, é fruto do seu empenho
Tem que fazer por merecer
entendeu, ou quer um desenho?

Tickzin
Nego critica, complica, duvida de quem fala e faz
Na corrida da vida, falador fica pra trás
Mas não para, repara e flagra a inveja que sente
Pois é um tapa na sua cara e a expansão da minha mente
Faço som sem dó, não sou maior e nem menor
Não gostou é muito simples só tentar fazer melhor
São defeito, sem respeito sobre o que você tem feito
Ao enredo vejo: Contradição em seus conceitos

Jhon
Surpreenda quem subestima sua capacidade
Faz o seu, cuido do meu, faz por completo e não metade
A verdade ta estampada na sua cara e é renegada
Vão clamar o nome de Deus se um dia acabar a água
Aí não tem acerto e nem engano, meu mano
Só então vão compreender o que o rap alertava a anos
Os louco trinca, brinca, mas não é brincadeira
Pira passageira? Não! Compromisso pra vida inteira
Honra seu nome, na responda não foge não some
Na humilda, aqui não tem espaço para super-homem
Esse é o lance, universo ao seu alcance
Mova e comova, ande mesmo que suas pernas cansem
Então vai, vê se faz melhor e não critica
Fica a dica: Não é tão foda, é o ser humano que complica

Sharp
E aquilo que era pra unir acabou causando desavença
Pra quem fala de mais, conhece de menos
e logo lança a sentença
Criticar o próximo é fácil, erro alheio é roda na mão
No tempo do individualismo e a exclusão da união
Desatento há algum momento, enfraquecendo o movimento
Campeonato de ataque em letra, caráter exposto ao relento
Mais segue atento com quem aponta é tão mais fácil criticar
Quem tanto fala do seu trampo deseja o seu lugar
Por isso as cópia na caruda, hoje é o que tá mais tendo
É meio caminho andado pra quem eu nunca vi correndo
Vai lá e copia o que faz sucesso no mercado
Embarca nessa viagem onde o bonde já tá lotado, aí é foda
E o disparo verbal tá engatilhado
A intriga dos mente vazia e os porra que diz que é largado
Então... A guerra não beneficiar a nada, ataque
Contra - ataque e a divisória de uma quebrada
Os mano ratifica, retifica e complica
Pensamento tosco e algumas mentes se limita
com tudo implica
Chama amigo pra cobrar fita
Separa a crew que antigamente era inteira unida
Ideia não compreendida, mente limitada
Desunião é retrocesso e assim nois não conquista nada
Desunião é retrocesso mano
e assim nois nunca vai conquistar nada

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a O Elo Perdido no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS