Depois de oito anos sem um disco de músicas inéditas, Bob Dylan lançou nesta madrugada o aguardado "Rough and Rowdy Ways" que já está sendo saudado como mais um marco na longa carreira do cantor e compositor que, há pouco, completou 79 anos.

Com 70 minutos e apenas dez canções, este é certamente um disco diferente do artista, ainda que ele mantenha o seu interesse no blues, country, folk e outros estilos de música americana pré-rock. Seis de suas faixas ultrapassam a barreira dos seis minutos, incluindo aí a épica "Murder Most Foul" lançada em março com seus quase 17 minutos de duração.

A crítica especializada está se mostrando muito impressionada com o trabalho que, no momento, está com nada menos que nota 97 (de um máximo possível de 100) no Metacritc. Mojo, NME, The Guardian, Rolling Stone e Pitchfork estão entre os veículos que deram 9 ou 10 para o álbum, enquanto a Uncut ao invés de publicar uma resenha do disco em sua sessão de lançamentos, entendeu que ele merecia ser dissecado em uma matéria de sete páginas na revista.

Ouça o álbum:



"Rough and Rowdy Ways" tem as seguintes músicas:

1 - "I Contain Multitudes"
2 - "False Prophet"
3 - "My Own Version Of You"
4 - "I've Made Up My Mind To Give Myself To You"
5 - "Black Rider"
6 - "Goodbye Jimmy Reed"
7 - "Mother of Muses"
8 - "Crossing The Rubicon"
9 - "Key West (Philosopher Pirate)"
10 - "Murder Most Foul"