Após oito anos sem lançar uma música inédita, Bob Dylan surpreendeu os fãs ao liberar uma canção que só pode ser chamada de épica. "Murder Most Foul" tem quase 17 minutos de duração e é a música mais longa de sua longa carreira ("Highlands" de 1997 tinha 16 e 31).

Prestes a completar 79 anos, o cantor e compositor não deu muitos detalhes sobre a origem da canção. Nas redes sociais, e no YouTube há apenas uma mensagem: "Saudações para meus fãs e seguidores com gratidão por todo seu apoio e lealdade através dos anos. Esta é uma canção inédita que gravamos há algum tempo e que vocês poderão achar interessante. Fiquem seguros, fiquem atentos e que Deus esteja com vocês", escreveu o músico.

"Murder Most Foul" é uma balada com arranjo para piano e cordas e uma letra que faz um balanço de momentos chave do século 20, a começar pelo assassinato de John Kennedy. Dylan fala dos festivais de Woodstock e Altamont, cita nominalmente gigantes do jazz e blues - e também fala de bandas como Beatles, Eagles, Fleetwood Mac e o Queen.

Ouça: