Pabllo Vittar deixou claro que não quer tomar partido na rixa envolvendo Anitta e Ludmilla - as duas teriam cortado relações por não concordarem com a divisão de direitos autorais da música "Onda Diferente". "Não sou team uma e nem team outra, sou tem música pop", foi a resposta dada para a questão durante entrevista coletiva feita para promover o lançamento de seu novo álbum - a primeira parte de "111" será lançada hoje (31) às 21 horas.

"Sou do team música, quero que as pessoas façam o seu trabalho, quero que as pessoas sejam respeitadas como elas são. Sou team pop Brasil" e seguiu: "a gente tem que ver o pop Brasil como uma unidade e não uma segregação. Quanto mais a gente se juntar, melhor pra todo mundo."

Vittar de fato mostra estar pensando em larga escala ao enxergar uma cena musical formada por artistas com diferenças entre si, mas que podem ser englobados dentro de um movimento, o "pop BR" que ainda é muito recente pelo seu ponto de vista. "Há uma década a gente não via artistas como a Ludmilla que fez uma apresentação incrível, como a Anitta, que fez uma performance incrível", disse se referindo ao Prêmio Multishow realizado na última terça-feira (29) que acabou marcado pelas vaias que Ludmilla recebeu de fãs de Anitta.

A cantora também não subiu ao palco para receber o prêmio de "música chiclete do ano" dado para "Onda Diferente (com Ludmilla, Papatinho e Snoop Dogg)", que era, acima de tudo, dela já que a faixa está em seu mais recente álbum de estúdio.