O segundo dia de Lollapalooza chega marcado pelo ecletismo. De um lado teremos artistas com um bom tempo de estrada, incluindo Lenny Kravitz celebrando seus 30 anos de carreira discográfica, mas também há uma série de nomes que despontaram há bem menos tempo, o caso de Post Malone que, no momento, é presença constante nas paradas dos Estados Unidos e Reino Unido. Veja abaixo cinco shows que valem a sua atenção no dia de hoje.

Rashid - Palco Budweiser às 14h10
O sábado está bom para quem quiser dar uma conferida no que anda sendo feito de interessante na música brasileira. O rapper de 31 anos é dos nomes mais fortes do nosso hip-hop e levará sua música para o maior palco do evento. Ainda nessa vibe, ale ficar de olho nos shows de Silva (15h05 no palco Onix), Carne Doce (12h30 no Budweiser) e Liniker e os Caramelows (13h15 no Onix).

Snow Patrol - 16h10 - Palco Budweiser
A banda irlandesa/escocesa surgida no final da década de 90 andava meio sumida, mas retornou no ano passado, depois de passar sete anos sem lançar um álbum. Apesar disso, os fãs do indie rock melancólico da banda não deverão escutar muitas músicas novas no show deles. Tanto no Lollapalooza chileno quanto no argentino, foram apenas duas canções do bom "Wildness" do ano passado, e nove sucessos dos trabalhos anteriores incluindo aí, como esperado, grandes momentos como "Run" e "Open Your Eyes".

Veja o show do Lolla chileno:



Lenny Kravitz - 18h20 - Palco Budweiser
O maior veterano dessa edição, Kravitz chega celebrando as três décadas de lançamento de "Let Love Rule", seu álbum de estreia. O americano está priorizando os hits nos seus shows e vem acompanhado de uma banda poderosa - prestem atenção na excepcional baixista Gail Ann Dorsey que tocou com David Bowie nos anos 90 e 2000. Podem apostar que o show dele será um dos melhores de todo o festival.

Veja o show que rolou na Argentina:



Post Malone - 19h40 - Palco Onix

Com apenas 23 anos e dois discos gravados, Post Malone, chega ao Lolla com status de superestrela, graças ao enorme sucesso que o rapper alcançou com os singles "Rockstar (feat. 21 Savage)", "Psycho (feat. Ty Dolla $ign)" e "Sunflower (With Swae Lee)" que chegaram ao topo da parada americana. Ou seja, tem-se aqui a chance de ver um artista vivendo a plenitude do sucessoo, algo que é sempre interessante.

Veja um trecho do show do artista na Argentina:


Kings Of Leon - Palco Budweiser - 21h00
A grande atração da noite é uma exclusividade brasileira, já que os americanos não estiveram nem no Chile e nem na Argentina na semana passada. A banda dos Followill (três irmãos e um primo) não lança um novo álbum desde "Walls" de 2016 e , a se julgar pelos setlists mais recentes, vai privilegiar os seus hits mais conhecidos, dando maior ênfase às músicas de "Only By Night" de 2008, o seu álbum mais popular. Para os fãs mais antigos, aqueles que os acompanham desde o início da década passada, eles deverão relembrar "" (2003) e "" (2004).