Nicki Minaj


Após as críticas disparadas por Nicki Minaj sobre ter ficado em segundo lugar na parada norte-americana com seu novo disco "Queen", atrás apenas de Travis Scott, de quem acusou ter utilizado uma estratégia injusta para impulsionar as vendas, o clima no VMA entre o dono de "Astroworld" e sua namorada Kylie Jenner, com a rapper, não foi dos melhores.

O casal, que já havia pedido, inclusive, para se sentar distante da cantora, evitou até mesmo cruzar o seu caminho durante o evento. Um vídeo feito pelo site TMZ, mostra Kylie Jenner chegando ao tapete rosa e, aparentemente, se recusando a passar ao lado de Minaj.

Veja:



Entenda o caso:

Em seu Twitter, Nicki Minaj fez duras críticas ao Spotify, alegando ter sido barrada pelo serviço de streaming durante um tempo, por ter apresentado o programa "Queen Radio" na rival Apple Music, o que teria feito com que ela não chegasse ao topo da parada de álbuns nos EUA.

Em seguida, a rapper também disparou contra Travis Scott, alegando que a estratégia de vendas utilizada por ele seria injusta. De acordo com ela, Travis estaria vendendo seu disco junto com as roupas de sua marca.

"Eu olhei os números que o The Carters, Kanye e Nas alcançaram recentemente. O Travis vendeu 200 mil sozinho em sua primeira semana [sem acompanhar a venda de roupas]. Falei com ele ontem, e ele disse que tem vendido roupas antes das músicas. A Billboard disse que vai mudar as regras por causa disso, então isso já deveria ter mudado" escreveu ela.




"Coloquei meu sangue, suor e lágrimas escrevendo esse álbum incrível, só para o Travis Scott colocar a Kylie Jenner postando um passe de turnê dizendo para as pessoas virem ver ela e a Stormi. Ri muito. Estou realmente rindo. O 'Queen' quebrou o recorde sendo o número 1 em 86 países. Obrigado Jesus e obrigado aos meus fãs”, continuou a cantora.




Acompanhe mais sobre Nicki Minaj no Vagalume.