• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • "O Brasil é como uma casa para a gente": A-Ha fala sobre novo disco e fãs brasileiros em entrevista

    O Vagalume conversou com o tecladista Magne Furuholmen sobre o novo álbum acústico, "Summer Solstice"

    Há 2 meses da Redação

    A-Ha letras

    O A-Ha foi um dos grandes nomes da música pop, nos anos 80. Emplacando hits como "Take On Me" e "Hunting High And Low", os noruegueses conquistaram milhares de fãs pelo mundo, muitos deles aqui no Brasil.

    Neste ano, o trio formado por Morten Harket (vocal), Magne Furuholmen (teclado) e Paul Waaktaar-Savoy (guitarra) fez um projeto bastante ambicioso: o lançamento do disco acústico, "Summer Solstice".

    A banda revisitou seus grandes sucessos e ainda lançou duas músicas inéditas: "This Is Our Home" e "A Break In The Clouds". "Este trabalho foi como voltar às origens, fazendo tudo de uma forma orgânica", contou Magne, em entrevista para o Vagalume.

    Veja abaixo o que tecladista falou sobre o novo disco, Brasil e os fãs da banda:

    A ansiedade do A-Ha para o lançamento de "Summer Solstice"

    Quando o projeto acústico foi anunciado, muitos fãs brasileiros foram para as redes sociais mostrar seu entusiasmo pelo lançamento. Perguntamos a Magne Furuholmen se durante o processo de gravação de "Summer Solstice", a banda sentiu alguma ansiedade ou mesmo insegurança sobre o acústico.

    "Não, até porque esse foi um passo natural para o A-Ha. É um projeto que já estávamos conversando sobre há alguns anos e que gostaríamos de fazer", explicou o tecladista.

    Magne inclusive cita o Brasil e a América do Sul como parte da ideia para lançar um disco "desplugado". "Pelos shows na América do Sul, nós já havíamos feito algumas partes das apresentações com um formato acústico. Era algo que estávamos pensando em fazer".



    Como foi adaptar os grandes sucessos em formato acústico

    Magne fala que o processo de repaginar os grandes sucessos do A-Ha, apesar de trabalhoso, foi muito natural. "A nossa banda, na essência, fez desde suas primeiras composições nesse formato. As músicas, mesmo as mais antigas, foram escritas de forma acústica, no piano, violão".

    Perguntamos ao tecladista se alguma música em especial deu mais trabalho para ser adaptada ao formato acústico. Magne disse que não e lembrou que o projeto todo deu uma nova "cara" às músicas por envolver também mais músicos ao som do trio.

    A banda vai fazer uma turnê do acústico e virá ao Brasil?

    No próximo ano, o A-Ha dará início à turnê acústica do álbum "Summer Solstice". Magne disse que, a princípio, os show serão feitos na Europa.

    "Como é um projeto que envolve mais músicos, cerca de onze no total, precisamos ver a viabilidade de fazer mais apresentações com essa formação. Mas, é claro, que gostaríamos de levar para mais lugares, como a América do Sul e o Brasil".

    O que o A-Ha pensa sobre o amor dos fãs brasileiros?

    Mesmo depois de tantos anos de estrada, toda vez que o A-Ha lança um novo material ou vem ao Brasil, os admiradores daqui sempre mostram como amam a banda. Magne disse que o país e os fãs tem um carinho muito especial do trio.

    "Nós sempre ficamos muito felizes de ir ao Brasil". A primeira vez que o A-Ha veio ao país, foi em 1989. Dois anos depois, a banda faria uma apresentação histórica no Rock in Rio, para um público recorde 198 mil espectadores. Desde então, sempre que vem para cá, o trio sempre leva muitos fãs por onde está.

    Perguntamos se era um sentimento de estar em casa, sempre que o A-Ha está no país. "Definitivamente", respondeu Magne, que continou: "É como se estivéssemos em casa. É algo sobre a paixão que os fãs brasileiros ouvem e cantam nossas músicas. Para um músico, não há nada mais gratificante".

    Veja abaixo a nova versão do sucesso "Take On Me":



    Veja letras, fotos e mais do A-Ha no Vagalume!
    Comente

    Notícias, curiosidades e conteúdos exclusivos
    do Vagalume para assistir e compartilhar