• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • The Chainsmokers, Father John Misty e Future Islands estão nos "Lançamentos da Semana"!

    Há 4 meses da Redação



    The Chainsmokers - Memories...Do Not Open
    The Chainsmokers letrasMemories...Do Not Open
    Nos cinco anos em que estão juntos, a dupla formada pelos produtores Andrew Taggart e Alex Pall atingiu um nível incrível de sucesso. Basta dizer que nos EUA seus singles já conquistaram o equivalente a 17 discos de platina - sete deles por conta de "Closer (Feat. Halsey)".

    O segredo para tamanho sucesso é simples de ser explicado: uma música que funciona bem em rádios, pistas de dança, playlists e também ao vivo - vide o show que eles fizeram recentemente no Lollapalooza.

    Somente agora, os dois decidiram lançar o primeiro álbum, e tudo indica que este também será bem sucedido. Afinal ele tem os dois singles mais recentes - "Paris" e "Something Just Like This" (essa em parceria com o Coldplay), além do promo "The One", que também tem cara de hit.

    Apesar dos narizes um tanto torcidos da crítica especializada, que não se empolgou muito com o trabalho, tudo indica que o caminho dos Chainsmokers deverá seguir bastante iluminado pelos próximos meses. Até porque eles optaram por lançar um disco relativamente curto (pouco menos de 45 minutos) repleto de faixas com potencial radiofônico. Em resumo, um disco feito sob medida para os fãs da dupla e da música dançante mais comercial contemporânea.

    Ouça "Something Just Like This (With Coldplay)" presente em "Memories...Do Not Open"





    Father John Misty - Pure Comedy
    Father John Misty letrasPure Comedy
    Quem acompanha a carreira de J. Tillman - que há cinco anos passou a grava sob o pseudônimo Father John Misty - já sabia que ele era um artista de muito talento e que a qualquer momento poderia sair com uma verdadeira obra-prima.

    Pois bem, esse dia chegou, já que não há outra maneira de se descrever esse disco que está sendo, merecidamente, coberto de elogios. "Pure Comedy", o terceiro álbum de estúdio que ele lança com o seu novo nome, é um daqueles discos que captam de maneira brilhante o momento pelo qual o mundo passa.

    Tillman se mostra um melodista de mão cheia - é difícil decidir qual a música mais bonita aqui - e soube embalar suas composições em grandes arranjos, que fazem uso de orquestrações, coros e instrumentação acústica.

    Suas letras também estão entre as mais interessantes do momento - ele se dá bem tanto em momentos mais melancólicos, quanto nos bem humorados ou contemplativos. Exemplos não faltam. Em "Total Entertainment Forever" ele faz "sexo virtual" com Taylor Swift. Já em "Ballad Of The Dying Man", o homem à beira da morte do título, dá uma última checada na sua timeline para saber tudo o que ele está para perder.

    Bem mais pesada é a longa e épica faixa-título - que, assim como o álbum deverá ser lembrada naquelas listas de grandes discos e músicas de 2017 - que conclui com a não muito animadora conclusão de que somos apenas "matéria aleatória suspensa no escuro".

    Apesar de longo, "Pure Comedy" jamais se torna cansativo - ainda que a longa "Leaving LA" exija um pouco mais do ouvinte, com seus 13 minutos - e prova que a música do século 21 está muito bem.

    Ouça ""Pure Comedy"" de Father John Misty na íntegra:





    Future Islands - The Far Field
    Future Islands letrasThe Far Field
    Esses americanos, bastante inspirados pelo synthpop da primeira metade dos anos 80, se tornaram mais conhecidos do público e crítica em 2014, com o álbum "Singles"

    O tal sucesso, diga-se, chegou de forma inusitada, depois que eles se apresentaram no programa de David Letterman que se divertiu muito com a dança um tanto desengonçada do vocalista Sam Herring.

    Felizmente, o Future Islands não é uma daquelas bandas que só servem para fazer rir, como prova o recém lançado "The Far Field".

    O trio, comprova seu talento na criação de grandes melodias de acento retrô, que povoam o trabalho. Os timbres de sintetizadores são sempre de bom gosto e o talento deles para se equilibrar entre o pop, o dançante e o melancólico impressiona. Não à toa o disco foi lembrado pelo semanário britânico NME em sua lista de álbuns que mais chamaram a atenção nesses primeiros meses de 2017.

    Ouça "Ran" com o Future Islands presente no álbum "The Far Field"

    Comente

    Notícias, curiosidades e conteúdos exclusivos
    do Vagalume para assistir e compartilhar