• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Semana Ed Sheeran: 10 curiosidades sobre o álbum "Divide"

    Para comemorar o aguardado lançamento, contamos detalhes menos conhecidos sobre a criação do terceiro disco do ruivo

    Há 1 ano da Redação

    Ed Sheeran letras
    Na última sexta-feira (3), os fãs de Ed Sheeran foram presentados com "Divide", o primeiro álbum de inéditas do cantor britânico desde 2014.

    O material já começou seu impacto em janeiro, quando dois singles foram lançados: "Shape Of You" e "Castle On The Hill" imediatamente invadiram as paradas de sucesso e as playlists de milhões de pessoas pelo mundo.

    Durante entrevistas, o cantor contou algumas histórias sobre seu terceiro disco, e nós separamos algumas curiosidades para entendermos melhor cada faixa do material.

    Confira 10 curiosidades sobre "Divide":

    1. "Galway Girl" e a banda irlandesa

    Sheeran passou o ano inteiro de 2016 viajando o mundo e aproveitando a mansão que comprou em Suffolk, sua cidade natal, na Inglaterra. Durante o tempo em que ficou em casa, o ruivo recebeu os irlandeses da banda Beoga para passarem uma semana lá, e o resultado disto foram várias canções no estilo folk originário na Irlanda. "Nancy Mulligan", da edição deluxe do álbum, também nasceu desta visita.

    2. "How Would You Feel (Paean)" quase não entrou para o álbum
    Ed Sheeran letras


    Ed, sendo um compositor prolífico, muitas vezes acaba esquecendo de algumas canções que escreve. No início de 2016, o britânico compôs uma música romântica para a namorada Cherry Seaborn, e enviou o áudio apenas para ela, através de um e-mail. Quando "Divide" foi finalizado, Ed perguntou para a companheira qual era sua música favorita, e ela respondeu "Aquela que você nem lembra que existe" - isso levou o músico a retornar ao estúdio e ainda chamar John Mayer para gravar o solo de guitarra presente na canção.

    3. "Happier" e Alice

    Para os fãs mais antigos, ficou clara a diferença de sonoridade entre "Happier" e as outras baladas do álbum - desde sua introdução, ela soa como algo pertencente a "+", o disco de estreia de Ed. E isso não é por acaso: em entrevista, o cantor revelou que a música ainda remete ao seu término com Alice, a namorada da adolescência de Sheeran que inspirou seu primeiro LP inteirinho. Os ex-namorados se reencontraram em um casamento, o que o levou a compor a canção.

    4. O vocal feminino em "Dive"
    Jessie Ware letras


    No segundo verso desta música, o ouvinte é surpreendido por uma voz feminina que aparece e logo some, causando um pequeno impacto. Jessie Ware é a responsável pelo backing vocal, que segundo Ed, foi gravado enquanto a inglesa estava grávida de oito meses. A cantora ainda emprestou os vocais para os refrões de "Happier" e "New Man".

    5. "Bibia Be Ye Ye" e o rapper Fuse ODG
    Ed Sheeran letras


    Ed tem fama de ser amigo de todo mundo, e várias destas amizades resultam em parcerias musicais. Durante uma de suas viagens no ano passado, o cantor foi para Gana com o rapper Fuse ODG, que tem uma enorme mansão no país africano, e lá eles compuseram várias canções. Sheeran revelou que o refrão de "Bibia Be Ye Ye" foi composto em uma noite, e aquela madrugada inteira teve o pequeno trecho como trilha sonora; apenas na manhã seguinte os artistas escreveram os versos e finalizaram a música.

    6. "Barcelona" x Stuart Camp

    Stuart é o empresário de Ed desde o início de sua carreira, e Sheeran confia tanto em sua opinião que recomeçou o álbum praticamente do zero depois que Camp o disse que o material não era bom o suficiente. Isso ocorreu em setembro do ano passado, quando estava tudo combinado para que "Barcelona" fosse o primeiro single de "Divide". Estava tudo certo para que o cantor gravasse o clipe na cidade espanhola, mas de última hora, devido ao conselho de Stuart, a canção virou uma faixa bônus.

    7. Os amigos de "Castle On The Hill"

    Todas as histórias mencionadas no single "Castle On The Hill" são verdadeiras, e o artista disse em entrevistas que, quando escutaram a música pela primeira vez, seus amigos de infância que são citados na ponte caíram no choro.

    8. "Supermarket Flowers" e a benção de seu avô

    Assim como "Afire Love" foi composta sobre a morte de seu avô paterno, "Supermarket Flowers" conta a história da morte de sua avó materna, mas desta vez, Ed decidiu escrever sob a perspectiva de sua mãe. O cantor conta que não queria colocar a música no álbum em respeito ao seu avô, mas a mostrou ao seu pai, que pediu para que a faixa fosse tocada durante o funeral da avó. Sheeran revela que sua mãe ficou emocionada, e que o avô lhe disse: "Essa canção tem que estar em seu novo disco".

    9. "Nancy Mulligan" e os avós

    A história de amor proibido contada por Ed nesta música é real, e aconteceu em sua família. Seus avós paternos, Nancy e William, se conheceram e se apaixonaram imediatamente, mas suas famílias se detestavam por pertencerem a diferentes religiões (o lado de um era fervorosamente católico, enquanto a outra família era protestante rigorosa). Sheeran revela se inspirar no romance, que compara à história de Romeu e Julieta, a qual considera a mais romântica de todos os tempos.

    10. "Hearts Don't Break Around Here" é a sua favorita

    Mais uma música do álbum composta sobre a namorada Cherry Seaborn ("Perfect" também foi escrita sobre o relacionamento), a balada é, segundo Ed, sua favorita do disco inteiro.

    E a sua, qual é? Saiba tudo sobre o álbum "Divide" de Ed Sheeran aqui no Vagalume!
    Comente

    Notícias, curiosidades e conteúdos exclusivos
    do Vagalume para assistir e compartilhar