• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • No dia em que Neymar "virou cantor", veja vídeos de outros boleiros que resolveram soltar a voz

    Há 1 ano da Redação

    Fagner letras
    Há alguns dias um boato de que Neymar iria lançar um disco começou a circular pela rede. Hoje (14) o jogador postou um vídeo de pura brincadeira com o que seria uma de suas primeiras músicas que rapidamente viralizou pela rede.

    Se a tal carreira musical fosse de fato verdadeira, o santista seria mais um nome a fazer parte de uma galeria com outros boleiros que também se aventuraram pelo mundo da música.

    Verdade seja dita, todos eles, com certeza fizeram melhor dentro das quatro linhas do campo do que entre as quatro paredes do estúdio de gravação. Mas as tentativas ao menos foram válidas. Ou será que não? Vejam os clipes abaixo e decidam.

    Antes de chegarmos no Brasil, vamos a uma pequena "homenagem" aos nossos hermanos com esse vídeo que mostra o craque Maradona, então no auge de sua carreira como jogador, dividindo o microfone com a dupla Pimpinela, que vendeu horrores na Argentina, e também gozou de certo prestígio por aqui no meio dos anos 80.




    No início da década de 80, Zico era um dos maiores, senão o maior, craque do país. Com tamanha popularidade ele gravou um compacto em parceria com Fagner. Anos mais tarde, Bruno um dos filhos do Galinho de Quintino, também se lançou como cantor de pagode no grupo Só No Sapatinho que fez sucesso com a música que levava o nome do grupo.



    Junior foi um de nossos maiores laterais e foi peça fundamental na mítica seleção de 1982, aquela que para sempre lamentaremos não ter sido campeã. Pouco antes do início daquela Copa, na Espanha, ele gravou o compacto com "Voa Canarinho", espécie de hino daquele time.



    Nos anos 90, Romário e Edmundo eram dois de nossos melhores jogadores. Em comum ambos também tinham o hábito de curtir uma farra e fama de marrentos. Daí não foi surpresa ver os dois gravando o inacreditável "Rap dos Bad Boys", na verdade um funk carioca old school.



    Pelé, o maior jogador de todos os tempos, também é grande fã de música. Na década de 60 ele gravou ao lado de Elis Regina. Em 1981 ele fez sucesso com uma de suas composições, "Cidade Grande", gravada por Jair Rodrigues com sua participação.



    Encerramos a nossa lista com dois exemplos mais recentes da intersecção música/futebol. Primeiro no dueto de Wesley Safadão com Ronaldinho Gaúcho em "Solteiro de Novo"...



    ... e com Daniel Alves que gravou a canção "Eres Especial" com o ex-goleiro Pinto - que em sua carreira musical é conhecido como Pinto "Wahin" - e o cantor Mario Baro.

    Comente

    Notícias, curiosidades e conteúdos exclusivos
    do Vagalume para assistir e compartilhar