Depois do finalmente colocar o Rush em sua capa, a edição americana da revista Rolling Stone publicou uma lista com os 50 melhores álbuns do rock progressivo na opinião de seus críticos. O vencedor, talvez sem muita surpresa, foi "The Dark Side Of The Moon", o best seller lançado pelo Pink Floyd em 1973 que, estima-se, já vendeu mais de 50 milhões de cópias desde seu lançamento.

Outros dois trabalhos da banda - "Wish You Were Here" de 1975 e "Animals" de 1977, também entraram na lista.

Rush
Rush Os canadenses do Rush
Apesar de ser um estilo tipicamente britânico e associado com a primeira metade dos anos 70, a lista abriu espaço para alguns discos mais recentes, feitos por grupos como
Dream Theater, Opeth, Mars Volta e Tool.

LPs de bandas americanas (Kansas), alemãs (Can, Triumvirat), japonesas (Ruins) e italianas (Premiata Forneria Marconi, Banco Del Mutuo Soccorso) também foram citados.

Além do Floyd, King Crimson, Genesis e os canadenses do Rush foram os outros grupos que emplacaram três discos na relação.

A lista não deixa de servir como uma espécie de "mea culpa" da revista, que criticou fortemente o gênero na década de 70 - basta dizer que Ian Anderson do Jethro Tull (em 1971) foi o único astro do rock progressivo que saiu na capa da Rolling Stone por toda aquela década.

Confira o top 5 da revista. A lista completa está aqui

1 - "The Dark Side Of The Moon" - Pink Floyd (1973)
2 - "In The Court The Crimson King" - King Crimson (1969)
3 - "Moving Pictures" - Rush (1981)
4 - "Wish You Were Here" - Pink Floyd (1975)
5 - "Close To The Edge" - Yes (1972)

Curta os clássicos mais viajantes do rock progressivo aqui no Vagalume!