Vagalume

O mês de abril teve grandes lançamentos. Do pop ao rock, o mês teve como destaques os novos discos de Jason Mraz, Train, Nicki Minaj e Florence and The Machine.

Para quem gosta de rock, um dos principais lançamentos foi a trilha sonora do filme Os Vingadores, com músicas de artistas como Soundgarden, Evanescence, entre outras bandas.

Veja a seguir o especial "Lançamentos - Abril/12":

Jason Mraz - Love Is A Four Letter Word

Jason Mraz
Depois de alcançar sucesso mundial com o álbum "We Sing, We Dance, We Steal Things", Jason Mraz volta com seu quarto disco de estúdio. "Love Is A Four Letter Word" promete não decepcionar os fãs do cantor.

Com uma sonoridade mais acústica do que o álbum anterior, "Love Is A Four Letter Word" já emplacou de cara um sucesso, a balada I Won't Give Up.

O novo disco de Mraz teve um ótimo desempenho nas paradas, conseguindo o segundo lugar nos Estados Unidos e Reino Unido.

Os Vingadores - Avengers Assemble: Music from and Inspired by the Motion Picture

Os Vingadores
Como já é tradição todo grande blockbuster agora vem acompanhado de um disco com "canções inspiradas no filme" (seja lá o que isso signifique). O hit do momento "Os Vingadores" ganhou uma trilha literalmente de peso. Vide as presenças de apa Roach, Rise Against, Black Veil Brides e outros.

O destaque maior fica mesmo para Live To Rise - Soundgarden que marca a volta aos estúdios do Soundgarden.

Se o disco novo que eles estão prometendo lançar seguir por esse caminho podem esperar coisa boa vindo por aí.

Nicki Minaj - Pink Friday: Roman Reloaded

Nicki Minaj
A rapper norte americana volta com seu segundo disco, "Pink Friday: Roman Reloaded". O álbum é uma mistura de rap e hip-hop com faixas pop e eletrônicas.

O disco chama a atenção pelo grande e variado número de produtores e participações especiais. A produção do disco conta com nomes como Dr. Luke, Ester Dean e RedOne.

Já entre as participações especiais, grandes nomes do hip-hop são os destaques, entre eles Lil' Wayne, Chris Brown, Nas, Drake e Young Jeezy.

O novo álbum mostra que Minaj é um dos principais nomes do hip-hop e da música pop. "Pink Friday: Roman Roleaded" chegou ao topo das paradas dos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá.

Florence And The Machine - MTV Presents Unplugged: Florence And The Machine

Florence And The Machine
A série Unplugged (ou "Acústico") é uma espécie de zumbi da indústria musical. Você pensa que ela morreu, mas ela sempre sai da tumba. Não que isso seja exatamente um problema, afinal a série sempre rendeu bons discos.

Esse aqui por exemplo ficou bem interessante mostrando que as canções de Florence funcionam bem nesse formato, com algumas versões revelando nuances e sutilezas que não estavam visíveis nas gravações originais.

Some a isso uma divertida cover de Jackson (de Johnny Cash) com a presença do grande Josh Homme (Queens of the Stone Age) e uma versão arrepiante de Try a Little Tenderness de Otis Redding e o saldo final é mais do que positivo.

Train - California 37

Train
A banda Train lançou seu novo disco, "California 37". O novo álbum traz sonoridade bem parecida ao Cd anterior, "Save Me, San Francisco", que fez muito sucesso graças ao hit Hey, Soul Sister.

Um dos destaques do álbum é o single Drive By, que ganhou destaque no Vagalume. Com boas críticas, o álbum também teve um ótimo desempenho nas paradas.

Nos Estados Unidos, "California 37" chegou ao quarto lugar. O disco do Train foi bem também na parada britânica, conseguindo o 10º lugar, e no Canadá, com o sexto lugar.

The Wanted - The Wanted (EP)

The Wanted
Este EP foi lançado para apresentar o The Wanted aos americanos e canadenses e os resultados estão sendo bem animadores, já que o disco já chegou no top 10 dos dois países.

Para quem já era fã há mais tempo do grupo, "The Wanted EP" não traz muitas novidades, já que cinco de suas sete faixas já haviam saído nos dois discos de estúdio do quinteto. As outras duas faixas - Satellite e Chasing The Sun - foram gravadas especialmente para este trabalho e servem também para saciar esses admiradores mais antigos deles.

Neon Trees - Picture Show

Neon Trees
O grupo norte americano de rock alternativo lançou seu segundo disco. O Neon Trees ficou conhecido depois do lançamento do sucesso Animal.

A banda deve agradar os fãs com "Picture Show". O primeiro single do álbum é a faixa Everybody Talks, que ganhou destaque no Vagalume.

O disco traz a participação especial do Dj norte americano Kaskade, na faixa Lessons In Love (All Day, All Night) (feat. Kaskade).

O disco teve um bom desempenho nas paradas. "Picture Show" chegou ao 17º lugar na parada norte americana.

Sean Paul - Tomahawk Technique

Sean Paul
Um dos grandes nomes do Dancehall jamaicano, Sean Paul lançou seu quinto disco de estúdio. "Tomahawk Technique" mostra o cantor mais próximo de uma sonoridade pop.

O disco traz boas participações especiais. Os destaques são as cantoras Alexis Jordan (na faixa Got 2 Love U (feat. Alexis Jordan) e Kelly Rowland (que participa da música How Deep Is Your Love (feat. Kelly Rowland)).

O disco não teve um desempenho tão bom nas paradas. "Tomahawk Technique" conseguiu apenas a 34º posição na parada britânica.

Norah Jones - Little Broken Hearts

Norah Jones
Norah Jones poderia simplesmente colher os louros de seu disco de estreia e passar o resto da vida fazendo versões requentadas de "Come Away With Me" - algo que sua gravadora provavelmente adoraria.

Felizmente para os fãs de música ela seguiu por outro caminho, sempre topando se arriscar ainda que nem sempre tenha tido resultados satisfatórios. Felizmente esse "Little Broken Hearts" se mostra um experimento bem sucedido. Afinal de contas, um disco dela produzido por Danger Mouse (Gnarls Barkley) poderia-se esperar qualquer coisa.

Norah aqui se mostra afiada e não esconde a melancolia em certas canções (as letras e o título do disco dão a entender que ela andou sofrendo um bocado em suas relações amorosas). Brian "Danger Mouse" Burton por sua vez reveste as canções com timbres inesperados e elegantes deixando a sua marca, mas sem deixar que ela se sobreponha ao canto de Norah.

Dinho Ouro Preto - Black Heart

Dinho Ouro Preto
O vocalista do Capital Inicial volta a gravar um disco solo depois de 15 anos. Mas dessa vez Dinho preferiu ser apenas intérprete. O cantor escolheu 12 canções de artistas de diversas épocas. Joy Division, Cure, Smiths, Nick Cave, Elvis, Leonard Cohen e os recentes Muse e Raconteurs estão entre os homenageados.

O resultado final é no mínimo sincero e se levar os fãs do Capital a buscarem os originais - sempre a maior utilidade de um disco de covers - o trabalho já está mais do que validado.

The Lostprophets - Weapons

Lostprophets
Lostprophets Weapons
Um dos principais nomes do rock britânico, os galeses do The Lostprophets lançaram seu quinto álbum. "Weapons" promete agradar os fãs da banda.

Entre as faixas do novo álbum, destaque para Bring 'em Down. A faixa é o primeiro single do álbum e ganhou um clipe.

"Weapons" teve um bom desempenho na parada britânica. O novo disco do The Lostprophets chegou ao nono lugar no Reino Unido.

Roxette - Travelling

Roxette
Os veteranos do Roxette seguem fazendo seu pop simpático e descompromissado após quase 25 anos de estrada. A dupla segue com grande popularidade, especialmente por aqui - os dois chegam este mês para mais uma série de shows.

"Travelling" é uma espécie de "álbum-irmão" de "Tourism" de 1992. Assim como naquele disco este mistura canções compostas e gravadas na estrada com gravações ao vivo.

Entre as inéditas o destaque vai para o single It's Possible. Para os brasileiros há ainda o prazer de ouvir She's Got Nothing On (but The Radio) em versão gravada durante o show deles no Rio de Janeiro em 2010.

Marina and The Diamonds - Electra Heart

Marina And The Diamonds
A cantora galesa foi um dos destaques do mês com seu segundo álbum, "Electra Heart". Marina And The Diamonds confirmou com esse disco que é um dos principais nomes do pop britânico.

Um dos destaques do álbum é a faixa Primadonna. A música tem como um de seus produtores Dr. Luke, conhecido pelos seus trabalhos com Katy Perry, Jessie J, entre outros artistas.

"Electra Heart" teve um ótimo desempenho nas paradas. Marina And The Diamonds chegou ao primeiro lugar da parada britânica com seu novo álbum.

Jack White - Blunderbuss

Jack White
Muita gente que ouvia os White Stripes achava que eles seriam melhores se fossem uma banda "completa" e com um baterista "de verdade". Se você era um desses então "Blunderbuss" é o disco que há anos esperou para ouvir.

O álbum mostra que Jack White é de fato um dos grandes talentos do rock contemporâneo e dono de um estilo inconfundível.

É ótimo vê-lo acompanhado por bons músicos e mais ainda em um álbum no geral bastante básico - ele poderia facilmente ter caído na armadilha de fazer um disco superproduzido. Em resumo é mais um álbum que certamente será lembrado como um dos melhores do ano.

Rascal Flatts - Changed

Rascal Flatts
Um dos principais nomes do Country nos Estados Unidos, o grupo Rascal Flatts lançou seu oitavo disco. "Changed" deve agradar em cheio os fãs do trio.

O Rascal Flatts já lançou um single desse disco. A faixa Banjo chegou ao topo da parada country nos Estados Unidos.

"Changed" foi bem nas paradas. O disco chegou ao terceiro lugar na parada norte americana e no décimo lugar no Canadá.

Marilyn Manson - Born Villain

Marilyn Manson
Quando surgiu nos anos 90 muitos apostaram que Marilyn Manson com sua operação guerrilha para chocar os conservadores não demoraria muito para simplesmente sumir como mais uma entre tantas modas e ondas musicais. Sendo assim não deixa de ser surpreendente ver que a banda segue firme e forte indo para quase vinte anos de carreira discográfica.

Se você nunca curtiu o som deles, provavelmente não será com "Born Villain" - o oitavo álbum de estúdio - que será convencido. Agora para os fãs o disco é, com o perdão do termo, uma tremenda porrada descrita pelo próprio Marilyn como "death metal suicida".

Desnecessário dizer que esse é um disco para poucos. Mas se você for um deles pode embarcar na viagem e boa diversão.

Counting Crows - Underwater Sunshine (Or What We Did On Our Summer Vacation)

Counting Crows
Apesar de terem uma discografia bem sólida os Counting Crows sempre serão lembrados pelo sucesso avassalador de Mr. Jones que tornou a banda conhecida em 1994 (ou pela simpática Accidentally In Love da trilha de "Shrek" se você é mais novo). Mas a banda sempre teve muito mais a oferecer para quem se dispôs a ir além dos hits.

Em "Underwater Sunshine", um disco de covers, a banda presta homenagem a gente que os influenciou e influencia. Só não esperem muitas canções óbvias, já que Adam Duritz e cia. preferiram ir pelo caminho menos óbvio dando preferência á músicas e artistas não tão conhecidos do grande público.

O quinteto assim homenageia artistas cult das décadas de 60 e 70 (Big Star, Gram Parsons, Fairport Convention, Faces, contemporâneos (os escoceses do Teenage Fanclub) e gente que surgiu quando eles já eram sucesso (Travis, Dawes...).

A versão do iTunes tem como bônus uma ótima versão para Borderline um dos grandes hits de Madonna.

Alabama Shakes - Boys & Girls

Alabama Shakes
Se você ainda não ouviu falar dos Alabama Shakes certamente irá em breve. Isso porque a banda liderada pela excepcional cantora Brittany Howard está chamando a atençaõ de críticos e músicos ao redor do planeta.

O som da banda não tem muito mistério e como o nome já entrega o que temos aqui é a boa e velha música do sul dos EUA. Ou seja soul, r'n'b e rock de raíz feito com muita garra e emoção. Pode anotar que "Boys & Girls" será bastante lembrado como um dos grandes discos de 2012 quando as tradicionais listas de melhores do ano começarem a sair em dezembro.

Rufus Wainwright - Out Of The Game

Rufus Wainwright
Há anos um dos melhores e mais conceituados cantores e compositores do mundo pop, o canadense Rufus Wainwright tem uma série de grandes discos e projetos ambiciosos, como uma ópera, no seu currículo. Mas uma coisa ele nunca conseguiu: um grande sucesso comercial.

Para ver se desta vez a coisa anda ele resolveu chamar o onipresente Mark Ronson para produzi-lo. Para os fãs mais antigos que ficaram preocupados, a boa notícia é que a união funcionou muito bem. Ronson trouxe uma textura moderna para a música de Rufus, mas em nenhum momento ela é descaracterizada. Ou seja o disco no final ainda é obra do compositor.

A crítica novamente adorou, já o grande público pelo visto ainda precisa ser convencido do talento dele já que o disco está vendendo razoavelmente bem, mas parece ainda estar restrito aos fãs que já o acompanham a mais tempo). Torça para que isto mude. Já que seria ótimo vê-lo no topo das paradas.

Zeca Baleiro - O Disco do Ano

Zeca Baleiro
O cantor e compositor maranhense está de volta comprovando que é um dos bons artistas a surgir no Brasil nos últimos 20 anos.

"O Disco do Ano" mostra um Zeca Baleiro com humor afiado, a começar pelo título, e em divertidas canções como Mamãe no Face. Essa é escrita em forma de post e traz o cantor contando que seu álbum foi elogiado pelo Caetano e Nelson Motta ("Só falta ser capa da Rolling Stone/O hype dos ringtones/O mega hit no youtube").

Para quem curte música brasileira taí uma ótima pedida.