Serra da Barriga

Neurônio Sub-consciente


Escrava,calada,apanhava,trepava de graça e chorava trancada
Capitão do mato dava chibatada,risada,usava,matava,
Mais nasce o zumbi, pela pátria lutava nunca se entregava
Liderava,provava,mostrava,falava,cantava liberdade ou nada !
Serra da barriga onde nasceu a liberdade
A princesa africana fez outra realidade
Quilombo dos palmares, interior do nosso estado
Aqui zumbi seus guerreiro viveram e lutaram

Acontecimento,território união, foi la que a resistência negra
Lutou contra a escravidão,
No Brasil Alagoas visite pertinho da gente
Na sede republicana negro auto suficiente,
Graduo mais de 100 anos
Confrontando varias vezes, resistindo
Aos ataques dos holandeses portugueses
Zumbi guerreiro nato, escapando das armadilhas,
Hoje patrimônio histórico
Serra da barriga, abrigando
Mais de 20 mil que não se entrega, 20% da população

Daquela poca, pessoas de todos país
Visita o município que oferece aos turistas vários atrativos,
Memorial jorge de lima um poeta de brilhar,
Artesanato artesanato do muquém,
Museu maria mari ah, todos precisa visitar
Ver que trabalho incrível, espaço arquio-logico palmarino,
Chegando no alto da serra, sentimos a liberdade,
Parque memorial quilombo dos palmares,
Representa, purificação da vida dos primeiro,
Que se banhou na lagoa encantada dos negros,
Casa de farinha, extraído da mandioca, feito por quem sabe,
Bejus e tapiocas, fora outras coisas
Que não vai da pra contar porque só vai ficar sabendo
Quem um dia for la, pisar naquele solo sagrado imortal,
Do rei zumbi dos palmares, heróI nacional,
Provou amor ao próximo, liderou por muito tempo,
Dia da consciência negra 20 de novembro .
União dos palmares onde nasceu a liberdade,a coragem,
A honestidade, o homem de verdade, pura simplicidade
Vivia uma igualdade, parque memorial, quilombo dos palmares,
Venha logo, nunca é tarde vocês tem que conhecer,
A caminhada de zumbi, vai te surpreender, ta esperando o que,
Com certeza vou voltar no local
Que purifica a alma de quem já foi la, capataz
Vem humilhar, espancar, prender os negros, pucha saco,
Recebia ordem dos fazendeiros, hoje em dia é usineiro,
Seu passado digo agora,
Se mataram,destruíram pra não deixar história,
Pense bem chegou a hora essa nação tem que mudar,
Racismo e desigualdade isso tem que acabar,
Sobrevivi em todo lugar,não esqueço o que fez por nois,
Celebração da vida e obra desse grande heróI, no rap
Com minha voz, uma fé espiritual
Repito com muito orgulho,

Zumbi heróI nacional, zumbi heróI nacional, zumbi heróI nacional,
Espia, o negro fujão la em riba do pé de pal,
Pesquisa arquio-logica, indicam e afirmam,ocupação de índio
Na serra da barriga,
Antes mesmo da chegada dos europeus maldosos,
Antes mesmo da formação dos quilombos,
A terra sempre foi nossa, alagoas, quem me dera
Em pleno século xxi, os coroneu ainda impera
Melhor mudar de ideia, muito dinheiro envolvido,
Mexer com terra de canavial é suicídio.
Parceiro deus tá comigo,eles contrata mete bronca,
Podem tirar minha vida mais não tira minha honra,
Se for pra ser vai ser, se for será o fim, se for,
Como o homem descendente de zumbi,
Padrinho de nois daqui, ta vivo em nossas vidas,
Visite união a serra da barriga e sinta a vibração,
Uma sensação em comum, algo forte
Que você não sente em lugar algum .

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Neurônio Sub-consciente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS