Página inicial > Rap > N > Neurônio Sub-consciente > São Miguel Dos Campos

São Miguel Dos Campos

Neurônio Sub-consciente


São miguel dos campos foi la que eu nasci
Foi lá que já me vi triste, foi la que eu foi feliz
Foi lá que aprendi o valor da humildade
Foi lá que eu descobri que o bom da vida é a liberdade
Foi lá na maternidade que alex de nome
Nasceu por ele eu vou lutar sem ele quem sou eu
O dia escureceu como que deve tá la
A saudade já bateu do hélio jatobá
Não vou me emocionar tenho que terminar o som
É la que eu tenho varios a favor sangue bom de moletom
Tudo na hots os garotão que ficou louco
Daria o que eu tenho pra morar la de novo
Campo do poerão só de lembrar fico triste, terra dos caetés
É la minhas origens, escrevi pra dizer que o meu interior é rei
São miguel dos campos mô saudades vocês
Era minha curtição escutar rap na quebrada
O controle era nosso lá no morro da cocada
Tinha o ita, tiago, o quito, josé que Deus
Tenha lidado um bom lugar fique na fé
Lembrei do nosso role chapando
Um no meu barraco cipa de pista fora num chevete enferrujado
O bagulho organizado era dinheiro na mão
Só que o tempo passou mostrou que o crime é ilusão
Hoje me encontro aqui rimando
Sem alegria o que sobrou de nos uma letra de rap vazia
Parar com agonia da falta que vocês faz
São miguel dos campos te amo demais!

(refrão)
O tempo passou e e eu fiquei aqui me sentindo só
Meu interior a saudade apertou tá cada vez maior
Baino cadê a rapa o street vai rolar? so de lembrar dos pião
Da vontade de chorar na garra sem patrocinio
No skate que sufoco como diz o ditado
O que é bom dura pouco me sentia orgulhoso
Praticando sem maldade, sempre levando
O nome da nossa comunidade, só que o mundo girou
Mas na fé fica de boa me apaixonei
Pelo rap represento alagoas disisti ficar a toa
Nem pensar bola pra frente guerreiro nordestino
Estinto miguelence, escreve ai gente, da gente
Familia fica na fé este soares torres
Terras dos caetes, esquecer minhas origens
Seria ignorante de boa
Viajando com os afavor no mirante
Meus pensamentos foi longe me envouvi errei
Morro da cocada mô saudade de vocês!

(refrão)
O tempo passou e e eu fiquei aqui me sentindo só
Meu interior a saudade apertou tá cada vez maior
Rua da bica, caixa d? água, num role de bicicleta
Vou colar no multirão, depois chapar um no brega
No sossego o que interessa os a favor corre comigo
Lá da rodóviaria, da rua do paraíso, terreno
Humberto alves, bairro 13 tô esperto
Cola na praça da biblia, cola no joelson
Bairro do cemitério, coite, tibiriçá, for falar
De todas as quebradas nosso tempo não vai dar
A base vai acabar ai seria cruel não
Lembra-se da riqueza do rio são miguel
Que o poder abandonou
Poluiu, tirou a beleza, investe no são joão
Esquece da natureza, latinha de cerveja louco
Não jogue no rio o nosso interior é um tesouro pro brasil
Teve que dá um tempo de pinote mundo louco
Mas mano na moral ainda mora ai de novo. !

Ai fi de Deus, saudade é forte mô fio
Várias bica, varios banho sem palavras
Bica do joelson, azevedo vixi mano
Varios banhos loucos mô saldades de vocês vei

Compositor: nsc

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Neurônio Sub-consciente no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS