Riograndense

Nenete & Dorinho


Fui nascido no Rio Grande
E nos pagos me criei
Hoje só sinto saudade
Da gaúcha que eu amei

Gaúcha, linda gaúcha
Não me faça judiação
Cadeado do meu peito
Chave do meu coração

Ai, quanta saudade
Do Rio Grande do Sul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul

Não tenho medo de cobra
De urutu nem cascavel
O que mais me mete medo
É o amor de uma mulher

Digo isso porque sei
Falo com toda razão
Ainda trago a cicatriz
Dentro do meu coração

Ai, quanta saudade
Do Rio Grande do Sul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul

A saudade e a tristeza
Veio em meu peito morar
A tristeza me maltrata
A saudade faz chorar

Vou seguindo meu destino
Assim como Deus quiser
Vou chorando minhas mágoas
Pelo amor de uma mulher

Ai, quanta saudade
Do Rio Grande do Sul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul
Onde os campos são mais verdes
Onde o céu é mais azul

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Anacleto Rosas Jr

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Nenete & Dorinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS