Página inicial > Sertanejo > N > Nenete & Dorinho > Rincão Mato-Grossense

Rincão Mato-Grossense

Nenete & Dorinho


Vão atravessando o rio com suas lindas canoas
Para encontrar do outro lado a bonita Três Lagoas
Terra arenosa e calor cidade cheia de graça
A estação cheia de gente e linda igreja na praça

Campo Grande entre as mais lindas com sua beleza impera
É chamada por justiça "cidade da primavera"
Linda cidade morena não me esquecerei de ti
A bela rua catorze e o bairro do Amambaí

Cuiabá cidade verde és um tesouro colosso
Que os bandeirantes acharam na selva de Mato Grosso
Depois vem Aquidauana Rio Verde Camapuã
Maracajú e Coxim Corumbá e Ponta Porã

Bela Vista da lembrança dos viajantes não sai
Corri a pé a fronteira do Brasil e Paraguai
Cidades de Mato Grosso aceitem minha canção
A saudade foi a pena e a tinta a recordação


Bela Vista da lembrança dos viajantes não sai
Corri a pé a fronteira do Brasil e Paraguai
Cidades de Mato Grosso aceitem minha canção
A saudade foi a pena e a tinta a recordação

Compositor: Zé Do Rancho/Zacarias Mourão

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Nenete & Dorinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS