O Astronauta

Nenete & Dorinho


Meu Deus não permita neste mundo aflito
O grande conflito da terceira guerra
Foguetes e sondas se elevam nos ares
Bombas nucleares explodem na terra

E as consequências da radiação
Por certo serão o nosso grande mal
Mas entorpecidos pela vaidade
O homem se esquece da realidade
De ser neste mundo um mero mortal

Porque o astronauta na grande jornada
Em busca do nada no espaço infinito
Se temos na terra linda natureza
E tantas riquezas no solo bendito

Mas talvez um dia as mentes ousadas
Sejam coroadas pelos feitos seus
E da profundeza do desconhecido
O homem regresse por não ter vencido
O impenetrável domínio de Deus

Nações poderosas no mesmo roteiro
Pra ver quem primeiro a lua alcança
Enquanto discutem com muito egoísmo
À beira do abismo o mundo balança

Nós necessitamos da paz mundial
É o clamor geral de toda a humanidade
Entoando glória a Deus nas alturas
Pra livrar a terra de mais amarguras
Dando paz ao homem de boa vontade

Compositor: Nenete/Goiá

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Nenete & Dorinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS