Ingrata

Nenete & Dorinho


Ingrata o seu amor
Foi para mim desilusão
Restando só a lembrança
E um magoado coração

Cruel foi o destino
Em reservar só para mim
A dor dessa saudade
Que não chega mais ao fim

Ai, meu peito triste
Ai, não mais resiste
É dolorido suportar o que me fez
Mas eu sei que um dia, ingrata
Chegará a sua vez

A carta que recebi
Não punha fim em nosso amor
Portando na incerteza
Eu fiquei cheio de dor

Esperei dias inteiros
Triste sozinho a sofrer
Mas somente a saudade
Em seu lugar veio me ver

Ai, meu peito triste
Ai, não mais resiste
Mas espero que um dia o arrependimento
Chegue em seu peito ingrata
Pra findar os meus tormentos

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Nenete

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Nenete & Dorinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS