PĂĄgina inicial > Sertanejo > N > Nenete & Dorinho > A Imagem Aparecida

A Imagem Aparecida

Nenete & Dorinho


declamado:
(“Aquele pobre pescador que no rio Paraíba vivia
Bem cedinho levantou naquela madrugada fria
Deixando a sua família que muita miséria sofria
Pra tentar com sua rede o seu pĂŁo de cada dia

Naquelas ĂĄguas geladas a sua rede ele armou
E sem esperança alguma lentamente ele puxou
E aterrado de espanto no fundo da rede avistou
Uma pequenina imagem que naquele instante brilhou

O pescador admirado, a pequena imagem levantou
E correndo para casa toda a famĂ­lia acordou
- Venham ver meus filhinhos o que foi que papai pescou
E a imagem Aparecida em cima da mesa colocou”)

No mesmo dia que a imagem apareceu
Um escravo perseguido ali na porta bateu
Acorrentado, sem poder mais caminhar
Em frente a imagem divina ele se pĂŽs a chorar

Naquele instante de silĂȘncio e de dor
A Senhora Aparecida demonstrou seu esplendor
Aquele escravo viu a corrente partida
Foi o primeiro milagre da Senhora Aparecida

E depois disso sua imagem foi amada
Quantas preces à seus pés para o céu foi elevada
Quantos milagres renovando tantas vidas
Para sempre abençoada milagrosa Aparecida

A sua cidade Ă© por todos procurada
Aparecida do Norte terra santa, abençoada
Nossa Senhora, coração cheio de amor
Para sempre venerada no divino altar em flor

(Pedro Paulo Mariano - Santa Maria da Serra-SP)

Compositor: Nenete/geraldo Medeiros

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Nenete & Dorinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS