Página inicial > Rap > N > Ndee Naldinho > Dia A Dia de Ladrão

Dia A Dia de Ladrão

Ndee Naldinho

O Povo da Periferia


Cadeia...
Ai ladrão é embaçado, eu também tô ligado,
pra vacilão o bicho pega, é irmão não tem lugar pra
comedia,
na periferia é so perseguição, a vida é loca pra quem
é ladrão,
os homi embaça, senta o aço, vacilo um abraço...

(Refrão)
dia a dia,
dia a dia de ladrão (2x)

aqui o dia inteiro é perseguição,
a vida é loca pra quem é ladrão,
os homi embaça, senta o aço, vacilo um abraço,
a periferia é a sua vida, mesmo sofrida, por ela é
querida,
ladrão sangue ar, tem consideração,
é diferente do homi meu irmão,
o boy cresce o olho e tem inveja, a periferia que não
paga comedia,
eles tem as puta, o dinheiro, a rebeldia e a gente é a
moral que prevalece a periferia,
vacilão leva tapa na cara,
ladrão não é fã de canalha,
quem anda certo é respeitado,
vacilão ai maluco vai mora com o diabo!
num estado de alerta geral,
100% veneno e firmeza total, 1000 grau 1000 grau,
mais sempre anda perseguido,
é irmão não é fácil ser bandido,
na ganancia do dinheiro,
os homi persegue os irmão tempo inteiro,
dinheito na bulada,
vão procurando mais uma bocada,
vejo doze numa boa,
os homi circulando, não é atoa,
não é cana, é so acerto,
deses tipo eu conheço,
não compro a paizana,
no desejo de levar mais um irmão pra cana,
atravessa a correria dos irmão,
não é fácil!
dia a dia de ladrão,

(Refrão)
dia a dia,
dia a dia de ladrão (3x)

um boy chega cinco pra cherar,
não tem dinheiro pra pagar,
trocu uma idéia, vira fiado,
se não pagar vira finado!
a única saida pra sobreviver,
é um 157 ou um doze ai irmão pode crer,
não é comedia, não é moleza não,
o dia a dia de ladrão,

(Refrão)
dia a dia,
dia a dia de ladrão (4x)

Cadeia...
Ai ladrão é embaçado, eu também tô ligado,
não é hotel de cinco estrela,
purisso ladrão não dá bobeira,
na periferia é normal,
ladrão ser considerado, ter moral,
quem vacila atravessa, vai pro saco, não tem
conversa,
outro dia um otario vacilo,
meteu os mano na quebrada atravesso,
os mano derão baixa,
não deixo passar batido,
pois aqui tem que saber ser bandido,
um dia um maluco me falo,
que ia me cata me avisou:
que sua próxima vitima era eu,
fiquei sabendo no outro dia que desci, fudeu,
colo um mano da quebrada meteu o ferro,
o mano mais ligeiro mando ele pro inferno,
o cusão tão folgado, foi mora com o diabo!
a quebrada é embaçada,
quanto a ele não da nada,
o perigo agora tá de viatura,
pronto pro choque, pra tortura,
a situação desse país é que obriga,
os irmão a entra nessa vida,
na vida do crime pra se defender, é pronto pra matar
ou morrer,
sangue no olho com atitude,
na conversa dos homi, ele não cai, não se ilude,
a vida é foda é pura tensão,
o dia a dia de ladrão,
Cadeia...
Ai maluco é embaçado, eu também tô ligado,
pra vacilão o bicho pega, é irmão não tem lugar pra
comedia,
na periferia é so perseguição, a vida é loca pra quem
é ladrão,
os homi embaça, senta o aço, vacilo um abraço...

(Refrão)
dia a dia,
dia a dia de ladrão (7x)

Cadeia...
ai ladrão é embaçado!

By: Felipe Berto

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ndee Naldinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS