Página inicial > MPB > N > Nando Reis > Hoje Mesmo

Hoje Mesmo

Nando Reis

A Letra A


O jeito que você arruma seu cabelo procurando aquele efeito que o mundo não quer reparar:
- revela tanto.
E o tempo que demora para decidir se aquilo que está ouvindo é convincente para poder
Concordar
- e me deixa esperando.
Eu posso esperar

Assim que eu entro já no cumprimento eu reconheço as múltiplas perguntas que na ausência entram em meu lugar
Seus olhos fitam com medo.
A única certeza que eu tenho é absurda pois a dúvida sustento por que não me mudar
Pro seu apartamento
Hoje mesmo

Hoje eu vou sair por aí anunciando que o Sol não vai mais se deitar
As plantas gostam de chuva mas por você nem mesmo as nuvens teriam razão de haver em nenhum lugar
Não…
Não…
Não tenha medo!
O nosso amor é essencial
Nenhum amor é imortal
Eu gosto de você!

Se um gênio perguntasse quais seriam os meus três desejos o primeiro: pediria ao tempo voltar pra trás
- pra te ver aos dezesseis anos
Não há idéia que alcance ou seja parecida com a imagem da menina esguia, a bolsa a tiracolo
- e as pedras só pesando
Pois ela nunca irá jogá-las!

O seguinte, segundo desejo, emoldurar no céu o seu sorriso que eu pensei que nunca mais pudesse reencontrar
O filho é que cria a mãe

E o último, complexo, honesto e genuíno, amar sem precisar da dor, querer também sem magoar
Tocar seu corpo
Hoje mesmo.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Nando Reis no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS