Biografia

Nádia Maia

A carreira de Nádia Maia iniciou, entre tantas outras, da experiência como vocalista da banda de baile Alcano em Recife, sua cidade natal.

Com o primeiro lugar do festival Canta Nordeste/1995, da Rede Globo/NE, com a canção Meninos do Sertão de Petrúcio Amorim e Maciel Melo, ganha notoriedade no cenário artístico nordestino.

No ano seguinte, grava dois CDs, Nádia Maia/1996, gravado na Estação do Som em Recife, seu primeiro trabalho com os ritmos pernambucanos e Nádia Axé/1996, lançado pela gravadora portuguesa Sonovox, exclusivo para o mercado europeu, que rendeu vários shows pela França, Espanha e Portugal.

Sua voz está registrada em vários Cds coletâneas de carnaval, Asas da América/1997 do produtor Carlos Fernando, Olinda Quero Cantar/1998 com o frevo Espelho Doido de J.Michilles e o projeto Viva Capiba/2000, da Prefeitura da Cidade do Recife, Hipercard Sociedade dos forrozeiros pé-de-serra e ae/2008.

De voz vigorosa, marcante, brejeira, que se adapta aos ritmos nordestinos, Nádia Maia tem se destacado como uma das grandes intérpretes da música nordestina, nos CDs, To No Popular/1999, Xodó de Forrozeira/2002, a artista cativa sem fazer esforços, cantar para ela, é coisa tão natural que mais parece uma conversa com o público.

Depois de lançar o CD No Toque da Sanfona/2005, com as participações dos maiores forrozeiros da atualidade, Santanna O Cantador, Petrúcio Amorim, Alcimar Monteiro e o baiano Adelmário Coelho com destaque para as faixas 01-Fuxico/Flávio Leandro (com gosto de sucesso nas rádios do Nordeste) e 04-Se Tu Quiser/Xico Bizerra, a competência dessa forrozeira arretada de boa, vem marcar seu tempo no cenário da música nordestina.

Para a sorte da Nação Forrozeira, ela lançou o CD, Ficou No Coração/2006, com participações de diversos artistas de respaldo no cenário do forró pé-de-serra. Com destaque para a faixa 01- Parte da Minha Vida/Petrúcio Amorim, que até hoje é uma das músicas tocadas nas rádios locais.

Em 2008 o Cd Ao vivo gravado no Sala de Reboco uma das melhores casas de forró do mundo, veio confirmar que a cantora Nádia Maia é uma das intérpretes mais qualificadas do Brasil. Tendo como destaques duas canções. As faixas: 17- A Cura (Anchieta Dali e Bia Marinho) e 18- Desfazendo a Mala (Xico Bizerra/Leninho de Bodocó).

Agora em 2009, essa fantástica cantora vem trazendo em sua bagagem mais um CD Ao Vivo gravado na Casa da Rabeca do Brasil, que homenageia o Mestre Salustiano, e os poetas Vanildo de Pombos e Onildo Almeida.

MIX DE MÚSICAS

ÁLBUNS

    ARTISTAS RELACIONADOS