• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Mv Bill
    Correspondente da guerra do dia a dia
    Lugares esquecidos
    que não foram visitados pela democracia
    Falo diretamente aqui da CDD
    teve crescimento, teve esquecimento
    (Ficou fácil ver...)
    Algumas favelas receberam atenção (outras não...)
    Teve migração que gerou tensão
    causando um desnível comunitário
    Jovens revoltados com a pressão de um gesto autoritário

    Vida de estudante que vira marginal
    Fruto do avesso do cartão postal
    Resultado do descaso, tá plantado na esquina
    Sustento da família, com venda de cocaína
    O crime é democrático, a porta sempre aberta
    O fim pode ser mágico (aceito a sua oferta...)

    Filme repetido, onde herói vira bandido
    Se for preto, pobre, favelado, tá fudido!
    Risco de vida ainda existe (triste! ...)
    Ocupar é diferente de pacificar
    Policiamento, não substitui saneamento
    Não tem desenvolvimento e o processo fica lento

    Só acelera, quando se junta com uma galera
    Que põe a voz do demônio no ouvido e já era
    Virou fera, virou monstro
    Morre um sonho e nasce mais um
    querendo ser o bola da vez
    Isso foi mostrado em 2006
    "Meninos do Tráfico - Documentário Falcão"
    Moleque novo na laje, na contenção
    Aterrorizando a vizinhança de fuzil na mão

    Refrão
    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado
    (Vivendo desse jeito, pouco amor e sem respeito...)

    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado

    Dexter
    Não sei não, ó! Tá cada vez pior
    Preste atenção no que acontece ao seu redor
    Pessoas indo nessa, no palco de uma festa
    A vida vale nada, pra um sistema que te testa
    Te joga num buraco, na cova dos leões
    Maldade, atrocidade, gerando vários milhões

    As notícias rendem grana, repórter ganha fama
    Matéria tendenciosa, o destaque da semana
    E é fantástico, o show da vida segue em frente
    São Paulo - Brasil, mais um elo da corrente
    A rota da fraqueza, estado de pobreza
    Metrópole do caos, disfarçado de nobreza

    Bill
    A vida no campo minado é foda
    Tem que ser ligeiro para não morrer

    Dexter
    Pra sobreviver por aqui, tem que ser
    Vigiai os seus passos, tome cuidado com os laços
    O inimigo está à solta, promovendo fracassos
    Polícia matando, pessoas morrendo
    A paz sucumbindo a guerra aumentando

    Filhos sem pai, mãe sem os filhos
    Mortos ou vivos, olhos chorando
    Tentando amenizar o sofrimento do coração
    Só quem vive, só quem sabe, é que tem noção

    E o Estado nisso tudo é omisso
    Falta compromisso, ossos do ofício
    Infelizmente! ... É Bill, andamos nessa corda bamba
    Brasil de pólvora, tragédia versus samba

    Refrão
    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado
    (Vivendo desse jeito, pouco amor e sem respeito...)

    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado... pow pow pow pow pow pow!

    Bill
    Pessoas esquecidas vão pro raio de ação
    Quando é ano eleitoral, quando é ano de eleição
    (Muita atenção!) Depois que cai no esquecimento
    Literalmente no esquecimento, de volta pro sofrimento
    E tentar se levantar, como for
    Se plantou ignorância, não vem pra colher o amor
    Ainda tem muitos de nós, sonhando com o sucesso
    Mesmo não tendo acesso, reflexo do regresso
    Que tira a educação e disponibiliza fuzis
    Alienação e álcool pra matar a raiz
    Dos que não sabem muito, mas sabem fazer filho
    Não tem faculdade sim, mas sabem fazer filho
    Mas sabem fazer filho, proximidade do gatilho

    Arrebenta de. 40, de 45 Jericó, 9mm
    A fé, sendo depositada numa 380
    Desperdício, morte pelo vício
    Sem base familiar, pra crescer fica difícil
    Círculo vicioso, que mais uma vida encerra
    Sistema criminoso, pra quem tá vivendo em guerra
    Até pra falta de ação, tem reação
    Estado crítico, cria ódio no coração

    Elimina o lado bom e fortalece a maldade
    Esse bagulho é reprise, pra ninguém é novidade aqui no

    Refrão
    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado
    (Vivendo desse jeito, pouco amor e sem respeito...)

    Campo minado, no gueto
    (Em vários lugares, não mudou...)
    Tá ligado, no campo minado... pow pow pow pow pow pow!

    Letra enviada por Seu nome
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de MV Bill

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.