Mumford & Sons

Lover's Eyes (tradução)

Mumford & Sons

Babel


Olhos deste amante


O amor era gentil, por um tempo

Agora só dói e faz-me cego


Este espelho possui os meus olhos com muito brilho

Eu não posso ver os outros na minha vida


Fomos muito jovem? E dirigimos muito forte?

Para suportar o peso dos olhos deste amante

Porque eu me sinto dormente, debaixo de sua língua

Sob a maldição dos olhos deste amante


Mas não pergunte o preço que eu pago

Eu devo viver com a minha raiva em silêncio

Domesticar os fantasmas na minha cabeça

Que correm à solta e me desejam morto

Você deveria jogar as minhas cinzas ao vento

Senhor, esqueça todos os meus pecados

Oh, me deixe morrer onde eu mentir

Sob a maldição dos olhos deste amante


Não há bebida, nem droga que eu experimentei

Para me livrar da maldição dos olhos deste amante

E eu me sinto dormente, debaixo de sua língua

Sua força me faz sentir mais fraco


Mas não pergunte o preço que eu pago

Eu devo viver com a minha raiva em silêncio

Domesticar os fantasmas na minha cabeça

Que correm à solta e me desejam morto

Você deveria jogar as minhas cinzas ao vento

Senhor, esqueça todos os meus pecados

Oh, me deixe morrer onde eu mentir

Sob a maldição dos olhos deste amante


E eu vou andar devagar, eu vou andar lentamente

Pegue minha mão, me ajude no meu caminho

E eu vou andar devagar, eu vou andar lentamente

Pegue minha mão, me ajude no meu caminho


E eu vou andar devagar, eu vou andar lentamente

Pegue minha mão, me ajude no meu caminho

E eu vou andar devagar, eu vou andar lentamente

Pegue minha mão, me ajude no meu caminho


La la la, la la la, La la la, la la

La la la, la la la, La la la, la la

Lover's Eyes


Love was kind, for a time

Now just aches and it makes me blind


This mirror holds my eyes too bright

I can't see the others in my life


Were we too young? And heads too strong?

To bear the weight of these lover's eyes.

'Cause I feel numb, beneath your tongue

Neath the curse of these lover's eyes.


But do not ask the price I pay,

I must live with my quiet rage,

Tame the ghosts in my head,

That run wild and wish me dead.

Should you shake my ash to the wind

Lord, forget all of my sins

Oh, let me die where I lie

Neath the curse of my lover's eyes.


There's no drink nor drug I tried

To rid the curse of these lover's eyes

And I feel numb, beneath your tongue

Your strength just makes me feel less strong


But do not ask the price I pay,

I must live with my quiet rage,

Tame the ghosts in my head,

That run wild and wish me dead.

Should you shake my ash to the wind

Lord, forget all of my sins

Oh, let me die where I lie

Neath the curse of my lover's eyes.


And I'll walk slow, I'll walk slow

Take my hand, help me on my way.

And I'll walk slow, I'll walk slow

Take my hand, I'll be on my way.


And I'll walk slow, I'll walk slow

Take my hand, help me on my way.

And I'll walk slow, I'll walk slow

Take my hand, I'll be on my way.


La la la, La la la, La la la, la la

La la la, La la la, La la la, la la

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS