Página inicial > Samba > M > Moreira da Silva > Vara Criminal

Vara Criminal

Moreira da Silva

O Último Malandro


Fui intimado a comparecer a vara criminal
Mas isto agora é que foi mal
Não sei a razão desta intimação
Se não matei, nem sou ladrão
Acho que o Senhor Juiz está enganado
Deram-lhe o nome trocado
Acabei de crer que sou mesmo pesado

Não posso viver sossegado
No dia marcado eu compareci, falei com um doutor
Devia ser o promotor
“Rapaz, o seu caso está um pouco encrencado
Quem é o seu advogado?”
Eu respondi, “Nem sequer sei o motivo da minha presença neste conselho de sentença.
Pois eu sou, ora se sou, pobre mas trabalhador.
Pode crer nisso, seu Doutor?”

"Mas é que seu processo está difícil de se resolver
Enfim, vou ver se pode ser anulado.
Logo depois deve ser arquivado."
"Pra eu ficar mais conformado"
"Logo após reunir o conselho di-lho a ordem do dia
José Cordeiro de Faria, condenado a dez anos de prisão
Porque voltou a orgia
Trabalhador e tem valia"

Compositor: Moreira da Silva e Ribeiro Cunha

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Moreira da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS