Judia Rara

Moreira da Silva


Judia rara (samba, 1964) - Jorge Faraj e Moreira da Silva

A rosa não se compara
A essa judia rara
Criada no meu país

Rosa de amor sem espinhos
Diz que são meus seus carinhos
E eu sou um homem feliz

Nos olhos dessa judia
Cheios de amor e poesia
Dorme o mistério da noite
Brilha o milagre do dia

A sua boca vermelha
É uma flor singular
E o meu desejo, uma abelha
Em torno dela a bailar.

Compositor: Jorge Faraj E Moreira Da Silva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Moreira da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS