Página inicial > Samba > M > Moreira da Silva > Idade Não É Documento

Idade Não É Documento

Moreira da Silva

A Arte de Moreira da Silva


No domingo passado
eu fui tomar um banho
na Barra da Tijuca
Pra esfriar a minha cuca
puxei meu carango no buteco
eu fiz uma rango e mandei pendurar
(escuta qui meu camarada eu estou escovando no burro

chamando o o pabundo de meloro)
camisa listradada pintera francesa e anel de doutor
pra dar mais pintade credor
calção rosa choque chapeu de palinha que retirei no
penhor
no meio da praia fui logo cercado por lindas garotas
umas gostosas outras barotas
enquanto os pleboys de água na boca paqueravam de lado

olhos de jacaré dopado
e eu e seu Silva num papo avançado
com teu Lapa sorrindo aquele grupo femino
convidei a primeira para dar um megulho na água geleda

para acalmar minha vanguarda
enquanto na praia as outras pequenas se inspiravam
dizendo
( esse moreno é um veneno)
sai todo prosa convideia a segunda e deopis a
terceira
para entrar na brincadeira beijei todas elas peguei
meu carango
e sai do local foi um tremendo carnaval
enquando a moçada de longe me olhava com água na boca

deixei a tuma quase louca
( muitos anos de vivência corpo limpo sem varizes
já enfrentei o leão da metra e com ele e u posso )

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Moreira da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS