Página inicial > Samba > M > Moreira da Silva > Dona História, Com Licença

Dona História, Com Licença

Moreira da Silva

O Último Malandro


Em pensamento eu dei um giro no passado
A dois mil anos do presente me afastei,
À procura de um amigo injuriado
A quem cordialmente entrevistei.

A Judas eu estou me referindo,
O homem que a história condenou.
O qual depois de me abraçar sorrindo,
Muito sério para mim assim falou:

“Eu traí a um só amigo e me enforquei
Mostrei ao mundo ser um homem de valor
Errar é humano, e eu errei
E só por isso sou um infame traidor
Mas eu vejo a toda hora e a cada instante
Os senhores que aí estão a me acusar
Traindo e vendendo semelhantes
E a Dona História não vê isso pra contar”

Compositor: Moreira Da Silva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Moreira da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS