Na Corte do Egito

Ministério Trazendo A Arca


Falado:
Eu rejeito os manjares da Babilônia,
Eu reprovo os altares da Babilônia.
Eu posso estar aqui, mas eu sei que este não é o meu lugar.
Eu quero ser santo como Tu és Senhor, santo como Tu.

Na corte do Egito, ou na casa de César
Na Babilônia eu sei que não é meu lugar
Rejeito seus manjares, reprovo seus altares
e não me iludo com a festa de Beltsazar

Porque eu não cedo, nem retrocedo
Estou decidido e não volto atrás
Sou separado, sou escolhido
Eu sou um santo lutando contra o pecado

Santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo, porque Santo é meu Senhor.
Eu quero ser santo, eu quero ser santo,
Eu quero ser santo, porque Santo é meu Senhor.

Falado:
Pode avisar ao rei desse século que ele pode até
tocar a trombeta dele
Nós não vamos nos dobrar diante da estatua do rei Nabucodonosor

Na corte do Egito, ou na casa de César
Na Babilônia eu sei que não é meu lugar
Rejeito seus manjares, reprovo seus altares
E não me iludo com a festa de Beltsazar

Porque eu não cedo, nem retrocedo
Estou decidido e não volto atrás
Sou separado, sou escolhido
Eu sou um santo lutando contra o pecado

Santo, eu quero ser santo
Eu quero ser santo, porque Santo é meu Senhor
Eu quero ser santo, eu quero ser santo,
Eu quero ser santo, porque Santo é meu Senhor

Esse mundo, esse mundo não nos seduz Senhor
Não nos seduz
Nós sabemos que não somos daqui
Somos de Sião, somos de Sião
Os que são de Sião de um brado de Vitória.

Compositor: Trazendo A Arca

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ministério Trazendo A Arca no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS