Página inicial > M > Milionário e Robertinho > Cada Viola Que Se Cala

Cada Viola Que Se Cala

Milionário e Robertinho


A cada carro de boi que apodrece
Mais um carreiro entristece
Fica mudo o estradão
Cada monjolo corroído
É mais um rio poluído
Correndo no meu sertão

Cada moenda que não gira
Faz mais um peito caipira
Chorar de tanta saudade
Cada caminhão de mudança
Mais uma moça de trança
Vai embora pra cidade

Cada viola que se cala
Vou perdendo minha fala
Vou sofrendo de verdade
Fico triste quando vejo
Mais um homem sertanejo
Indo embora pra cidade

A cada casa que cai lá na serra
Mais um lavrador sem terra
Vai embora pra bem distante
Lá se vai outro rodeio
O peão de boiadeiro
Pendura outro berrante

Cafezal vira invernada
Não se ouve as badaladas
Dos sinos lá na capela
Falta o pão na nossa mesa
E aumenta com certeza
Mais barracos nas favelas

Cada viola que se cala
Vou perdendo minha fala
Vou sofrendo de verdade
Fico triste quando vejo
Mais um homem sertanejo
Indo embora pra cidade

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Milionário e Robertinho no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS