Página inicial > Sertanejo > M > Milionário e José Rico > Canção de Um Amor Distante

Canção de Um Amor Distante

Milionário e José Rico

Caminhos da Vida - Vol. 7


Eu fico recordando com saudade
Os beijos que te dei com emoção
Naquela noite cheia de ternura
Quando entregaste a mim teu coração
Em sonhos eu te vejo em meus braços
Pedindo para nunca te deixar
Dizendo estas palavras comovidas
Amor doce ilusão do meu sonhar

Eu deixei lá na fronteira a mulher dos meus amores
Mais formosa que as flores de sorriso sem igual
Eu sem ti não sei viver minha deusa prometida
Nada mais me serve a vida se um dia eu te perder

Não sei por que a gente se apaixona
E entrega o coração assim a alguém
Depois vem uma triste despedida
E rouba o melhor que a gente tem
Deixei muito distante a minha amada
Dizendo que voltava e não voltei
Oh, Deus se não levar me de regresso
Chorando de saudade morrerei

Eu deixei lá na fronteira a mulher dos meus amores
Mais formosa que as flores de sorriso sem igual
Eu sem ti não sei viver minha deusa prometida
Nada mais me serve a vida se um dia eu te perder
Eu sem ti não sei viver, viver, viver

Compositor: Eulogio Cardoso - De Los Rios - Altinier, versão: Dino Franco

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Milionário e José Rico no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS