• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    La llaman la Pobrecita
    porque esta zamba nació en los ranchos
    con una guitarra mal encordada
    la cantan siempre los tucumanos.
    con una guitarra mal encordada
    la cantan siempre los tucumanos.

    Allá en los cañaverales
    cuando la noche viene llegando _
    por entre los surcos se ven de lejos ¦
    los tucu-tucus de los cigarros.


    Solcito del camino
    lunita de mis pagos
    en la Pobrecita zamba del surco ¦
    cantan sus penas los tucumanos. ¦
    Mi zamba no canta dichas
    solo pesares tiene el paisano _
    con las hilachitas de una esperanza ¦
    forman sus sueños los tucumanos. _¦
    Conozco la triste pena
    de las ausencias y del mal pago _
    en mis noches largas prenden sus fuegos ¦
    todas las luces del desengaño.

    Solcito del camino...

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Miguel Aceves Mejía

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.