Página inicial > M > Michelly Veras > Orquestra Invisível

Orquestra Invisível

Michelly Veras


Orquestra invisível
Tu mereces a canção que eu não sei cantar
O louvor e adoração que eu não sei prestar
Tu és digno senhor, de ouvir os anjos
Cantar uma canção que é dos arcanjos
E quando os serafins se postam diante a ti
Num coral tão lindo os querubins vão dizendo

Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo és tu

Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo
Santo, santo, santo, santo és tu

Tu mereces a canção que ninguém ouviu
A partitura que o maestro ainda não escreveu
E o som que só as ondas sabem fazer
E as notas que os trovões fazem tremer
De uma orquestra invisível
Eu queria ser cantor
De um coral feito de anjos
O solista ou diretor, cantando

Anjos, arcanjos, querubins e serafins
Ondas, ventos, céus e o firmamento
Seres, vermes, tudo que tem fôlego
Louvem comigo
Adorem comigo, o nosso criador

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Michelly Veras no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS