PĂĄgina inicial > Black Music > M > Miasthenia > Entronizados na Morte

Entronizados na Morte

Miasthenia


No inferno agora caminham
Abandonados
Vendo o terror
Marcados pela dor

Com honra e fĂșria me ergo
Na descida ao XibalbĂĄ
Tudo passa em ciclos infernais
A vida e a morte
A profunda dor da morte
De um punhal cravado no peito
Tudo passa

Criaturas disformes
Rostos de pavor
Seres doentios em profunda encantação
Ossos que se movem em profunda danação

Para além do rio de sangue
Nos caminhos de Akbal
Olhares insanos
Perdidos na escuridĂŁo
Segredos primordiais
Cravados nas rochas do templo
SantuĂĄrio da morte
Forças telĂșricas e primordiais

Ixchel em transe celebra
SacrifĂ­cios de sangue
No templo da morte
Em frenética dança ritual
Regentes do inframundo
Submundo nos ciclos da morte
Minha voz
Seu grito no tempo
Transporta sua dor

Vejo o Sol percorrendo as entranhas da terra
ExpressĂ”es de augĂșrios
Diante o Jaguar
Renascemos a cada Lua
Como herĂłis ancestrais
Reis do Sol
Entronizados na morte

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Miasthenia no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS