Página inicial > M > Mhasa > Pretexto

Pretexto

Mhasa


Um dia célebre
No outro sou lebre
E se nunca celebro
Eu me sinto leve

Sou celebridade
E minha mente ferve
Não tô aguentando
Esses holofote

Sempre que escrevo
Vejo o que me descreve
E às vezes ter posse
Não diz que tu pode

Foco é no pódio
Nunca no primeiro
Lugar é onde tu encontra teu ódio
A vida te testa o tempo inteiro

Aprendi ser ligeiro
Eu queria mudar
E quanto mais eu digo que eu quero
Eu sinto prazer só em poder rimar

Quero mais que se foda
Essa vida é uma zorra
E o zorro me inveja
Ao me ver cortar

Tá com sono, acorda
Não deixe que morra
Que as vez o escuro
Vem pra iluminar

[refrão]
Sonhando de longe
Mirando mais longe ainda
Eu quero o que não posso ter
Me impeça que eu consiga

Mal agradecido ou
Bem intencionado
Nunca compreendido
Mas sempre julgado

Perdido em desejos
Eu sou tentação
Eu não entendo o pecado
Só a traição

Inocente, depende, mas nunca aponte
Já que a fé independe de crente
Sei que ela tá lá, olhe pro horizonte
Pois daqui pra frente vai ser diferente

Desacredita, me faz um favor
Gosto quando me testam
Às vezes na vida é preciso da dor
Pra alcançar o pouco que resta

A paixão pelas pessoas
Faz a decepção vir junto com elas
Inclusive eu mesmo, mhasa mais do mesmo
Pretexto em rimas singelas

[refrão]
Sonhando de longe
Mirando mais longe ainda
Eu quero o que não posso ter
Me impeça que eu consiga

Compositor: Mhasa - Mário Andrades

Letra enviada por Mhasa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mhasa no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS