Página inicial > Samba > M > Mestre Marçal > Dona Invocada

Dona Invocada

Mestre Marçal


Uma coroa, entre um camburão e um tanque
Um defeito no motor de arranque e vindo na contra-mão
Uma fachada pior do que obra na Rochinha
Uma droga mais barata do que metanol com caninha
Essa sogra é a minha!

Esse dragão, se alimenta dos meus erros
Faz guerra de nervos, diz que no meu interro
Vai mijar no meu caixão
Roda da mucraia, bruaca, baranga, quizumbeira
Pegou no meu pé a minha vida inteira
Mas não quero folga, pois não faço esse papel

Já comprei a passagem de ida pra velha perua
Nas próximas férias vai de mala e cuia
Fazer um spa no centro do pinel

Sai do meu pelo coroa, sai do meu pelo coroa
Procura a cama do faquir, nela vai se deitar
Sai do meu pelo coroa, sai do meu pelo coroa
Se arruma, se enturma que o Tuma vai te confiscar

Compositor: Aldir Blanc - Moacyr Luz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mestre Marçal no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS