• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Religiões são várias no mundo
    E todas elas dizem que é possível chegar até mim
    Através dos seus bons feitos
    Mas em verdade vos digo, todo ser humano é pecador
    E quem não abre a porta pra Jesus, não abre a porta pra mim

    Filho deixe eu entrar nessa casa
    Que a muito já não é o meu lugar
    Filho a quanto tempo você não me vê
    Eu te vejo o tempo todo, mas sinto falta de você

    Quando eu vim, não quiseram me escutar mas falei
    Me desprezaram pois não tinha a aparência de um rei
    E hoje talvez rejeitem minhas palavras pois falo na boca
    De alguém de roupas inadequadas
    Com seus lábios adoram o meu nome em uma canção
    Mas me entristeço pois vejo distante o seu coração
    Ora por cura, prega a palavra e despreza o mendigo
    Quem diz que me conhece mas não me obedece tá mentindo
    Ao invés de se rasgar se fazer igual criança
    Prefere um culto avidado com euforia e festança
    Culto sem amor, sem compaixão, sem respeito
    Se não perdoa seu irmão, sua oferta eu não recebo
    Recebo uma moedinha doada no anonimato
    Mas não recebo 10 milhões doado só pra ser notado
    Querem ganhar as nações mas não sabem fazer o bem
    Oram por prosperidade e não dividem com ninguém
    Vocês pregam outro deuses
    E escondem eles atrás do meu nome
    Gastam milhões em um templo
    Enquanto pessoas morrem de fome
    Se distanciaram do evangelho verdadeiro
    Meu reino não é comida, nem bebida, nem dinheiro

    Filho deixe eu entrar nessa casa
    Que a muito já não é o meu lugar
    Filho a quanto tempo você não me vê
    Eu te vejo o tempo todo, mas sinto falta de você

    Filhos, porque se dividem em rancor?
    Pro mundo me conhecer vocês tem que ter amor
    Sejam unidos, preguem minha palavra sem disputar
    E as portas do inferno contra ti não prevalecerá
    São afastados por isso não pensam mais em ninguém
    Nem parecem seguidores de quem lavou os pés de alguém
    Suas palavras machucam e matam seu irmão
    Aprenda comigo, sou manso, humilde de coração
    Eu desci do meu trono pra ser humilhado
    Me entreguei a dor, me fiz maldito pra vocês serem lavados
    Derramei meu sangue e o véu do templo foi rasgado
    Se você pedir em meu nome, pelo meu amor é justificado
    Deixa eu entra e não precisará de mais nada
    Creia em mim e serás salvo você e sua casa
    Você pode todas as coisas se em mim acreditar
    Com sua fé obras maiores que a minha fará
    Filho deixa eu entrar no seu coração
    E entrara no reino preparado desde a fundação
    Chegará um dia em que as nações eu vou julgar
    Por isso me busquem enquanto é tempo
    Ainda podem me achar

    Filho deixe eu entrar nessa casa
    Que a muito já não é o meu lugar
    Filho a quanto tempo você não me vê
    Eu te vejo o tempo todo, mas sinto falta de você

    Você pensa que ter tudo é ter carro, casa, piscina
    E ter tudo é ter a mim, caminho, verdade e vida
    Você quer um Deus que mude sua externa situação
    Mas estou mais preocupado em transformar o seu coração
    E não me diga que já está transformado
    Pois se estivesse com estas coisas não estaria preocupado
    Seu coração está no tesouro errado
    Busca primeiro o meu reino e tudo será acrescentado
    Não adianta visitar o templo todo domingo
    Em verdade eu vos digo, não é neste templo que eu habito
    O templo que eu habito está fechado e você não me abre
    Mesmo quando estou a porta e bato
    Ah, se você soubesse como é bom andar ao meu lado
    Não ser escravo da religião, nem do pecado
    Filho amado, deixar eu entrar no seu coração
    E não terá espaço pro rancor, pra depressão
    Comigo filho vivera de glória em glória
    Deixa eu entrar na sua vida, que eu transformo a sua história
    Eu sei que nesses dias o mundo tem te assustado
    Mas eu venci o mundo, venci a morte e o pecado!

    Filho deixe eu entrar nessa casa
    Que a muito já não é o meu lugar
    Filho a quanto tempo você não me vê
    Eu te vejo o tempo todo, mas sinto falta de você

    Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo
    Tome a sua cruz, e siga-me
    Pois quem quiser salva a tua vida, perde-la-à
    E quem perder a sua vida por amor a mim, acha-la-à
    Pois o que aproveita o homem ganhar o mundo inteiro
    E perder a sua alma
    Ou o que dará o homem em troca da sua alma
    Porque o Filho do Homem virá
    Na glória do seu Pai com os seus anjos
    E então dará a cada um segundo as suas obras

    Letra enviada por Rebecca Giannelli
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Mensageiros da Profecia

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.