Página inicial > Rock > M > Menores Atos > À distância

À distância

Menores Atos


Eu decidi falar do que foi bom
Dias e noites em que estava são
Junto a você
Eu sei, você deve lembrar também

Entre um gole e outro o que sobrou
Foi a lembrança conturbada de algo que acabou
Assim sem mais
E eu já nem sei como começou

Enquanto eu finjo ser
Melhor do que você
Eu me afasto mais
Do que deveria ser

Me culpe por todo o bem que eu fiz
E siga apontando o seu nariz
Pro alto, pro nada, pra onde bem entender


Era pra ser só sobre o que foi bom
Mas é difícil separar o ouro do que eu não
Pude aproveitar
O que valia tanto agora não importa


Hoje eu não finjo mais
Nem penso em agradar
A angustia que sobrou
Agora é combustível


Me culpe por todo o bem que eu fiz
E siga apontando o seu nariz
Pro alto, pro nada, pra onde bem entender


Tu não precisas ter olhos pra poder ver
O que te faz correr e nunca alcançar


Me culpe
E siga. ?

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Menores Atos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS